PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


Immobile dispara na liderança da Chuteira de Ouro; Messi volta ao top 10

Ciro Immobile comemora o hat-trick contra a Sampdoria que o fez disparar na Chuteira de Ouro - Marco Rosi/Getty Images
Ciro Immobile comemora o hat-trick contra a Sampdoria que o fez disparar na Chuteira de Ouro Imagem: Marco Rosi/Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

21/01/2020 04h20

Classificação e Jogos

Está difícil alguém tirar a Chuteira de Ouro 2019/2020 de Ciro Immobile. O centroavante italiano de 29 anos está cada vez mais líder do prêmio concedido ao artilheiro máximo dos campeonatos nacionais da Europa na temporada.

O camisa 17 da Lazio disparou no topo do ranking ao marcar três vezes na goleada por 5 a 1 sobre a Sampdoria, aplicada no último sábado (18).

Immobile, autor de 23 gols em 20 rodadas da primeira divisão do Italiano, soma agora 46 pontos na Chuteira de Ouro, seis a mais que o alemão Timo Werner e o polonês Robert Lewandowski, que dividem a segunda colocação.

Os dois balançaram as redes no último fim de semana: Werner fez dois no 3 a 1 do RB Leipzig sobre o Union Berlim, enquanto Lewa anotou um no 4 a 0 do Bayern de Munique sobre o Hertha Berlim. Mas não foi suficiente para que eles se aproximassem do goleador da Lazio.

O líder da Chuteira de Ouro vive uma fase encantada. Immobile fez pelo menos um gol em 12 das últimas 14 rodadas do Calcio. Sua média nesta temporada é de um tento a cada 68 minutos em campo.

Outra novidade deste fim de semana no prêmio foi a volta de Lionel Messi ao top 10 da temporada.

O atual campeão e recordista histórico da Chuteira de Ouro (venceu também em 2010, 2012, 2013, 2017 e 2018) subiu para a nona posição ao fazer o gol único da vitória do Barcelona sobre o Granada, na estreia do técnico Quique Setién.

O camisa 10 argentino tem 28 pontos, dois a mais que o primeiro brasileiro no ranking, o atacante João Pedro, do italiano Cagliari, que ocupa a 15ª posição e está empatado com Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain) e Tammy Abraham (Chelsea).

O país pentacampeão mundial de futebol não fatura a taça desde 2001/2002, quando Jardel (Sporting) foi o goleador máximo da temporada. O ex-centroavante de Palmeiras e Grêmio também levantou o troféu em 1998/99. Além dele, apenas Ronaldo (1996/1997) já colocou o Brasil no lugar mais alto do pódio.

O "Blog do Rafael Reis" publica a cada terça-feira uma nova parcial da disputa.

O top 10 da Chuteira de Ouro

1º - Ciro Immobile (ITA, Lazio) - 46 pontos (23 gols)
2º - Robert Lewandowski (POL, Bayern de Munique) - 40 pontos (20 gols)
Timo Werner (ALE, RB Leipzig) - 40 pontos (20 gols)
4º - Jamie Vardy (ING, Leicester) - 34 pontos (17 gols)
5º - Cristiano Ronaldo (POR, Juventus) - 32 pontos (16 gols)
6º - Erik Sorga (EST, Flora Tallinn) - 31 pontos (31 gols)
7º - Sergio Agüero (ARG, Manchester City) - 30 pontos (15 gols)
8º - Ilia Shrukin (BLR, Energetik-BGU Minks) - 28,5 pontos (19 gols)
9º - Danny Ings (ING, Southampton) - 28 pontos (14 gols)
Lionel Messi (ARG, Barcelona) - 28 pontos (14 gols)
Marcus Rashford (ING, Manchester United) - 28 pontos (14 gols)
Pierre-Emerick Aubameyang (GAB, Arsenal) - 28 pontos (14 gols)
Romelu Lukaku (BEL, Inter de Milão) - 28 pontos (14 gols)
Wissam Ben Yedder (FRA, Monaco) - 28 pontos (14 gols)

Rafael Reis