PUBLICIDADE
Topo

Bala na Cesta

Para conhecer seu público, CBB lança “censo” do basquete

CBB - Divulgação
CBB Imagem: Divulgação
Fábio Balassiano

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.

26/04/2020 07h07

Como parte do seu projeto de digitalização, a Confederação Brasileira de Basketball lança nesta segunda-feira uma pesquisa para conhecer melhor o público que acompanha a modalidade no país. O blog teve acesso à pesquisa em primeira mão e conversou com a CBB a respeito disso.

Através de um site (mais aqui), a Confederação, que tem como parceira na empreitada a plataforma Fanbase Network, deseja que o fã se cadastre de forma gratuita com seus dados e interesses, fazendo com que a CBB saiba exatamente como se comunicar com cada grupo de torcedores no Brasil (algo bem fundamental quando falamos em segmentação de mensagem, CRM, marketing direto e por aí vai). No futuro próximo, os torcedores inscritos concorrerão a prêmios e terão descontos em produtos e ações ligadas ao basquete e à Seleção Brasileira.

"O objetivo do Basquete Brasil Digital é aproximar a Confederação de toda a comunidade do basquete brasileiro. Uma pesquisa recente do Ibope Repucom indicou que existem 40 milhões de simpatizantes de basquete no Brasil. Queremos conhecer essas pessoas, estreitar nossos laços e entender o que o podemos fazer por elas. É uma iniciativa pioneira no Brasil entre as Confederações Olímpicas", disse em nota enviada ao blog o presidente da CBB, Guy Peixoto.

O projeto do "Basquete Brasil Digital", mencionado por Guy, tem no Censo a sua primeira fase. Demais implantações e projetos serão lançados seguindo esta linha de transformar, de forma digital, o esporte da bola laranja no país.

"O objetivo dessa primeira etapa é mostrarmos a força do nosso esporte no Brasil. Queremos criar uma grande comunidade e mostrar que o basquete é gigante no Brasil", finalizou Guy.

A meta da CBB é ter pelo menos 200 mil fãs de basquete cadastrados na plataforma.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL