PUBLICIDADE
Topo

Meu carro


Meu carro

Freios: como funcionam, quando trocar as pastilhas e dúvidas em geral

Pastilhas de freio "indicam" quando devem ser trocadas - Foto: Shutterstock
Pastilhas de freio 'indicam' quando devem ser trocadas
Imagem: Foto: Shutterstock

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/11/2020 14h20

Os freios estão entre as partes mais importantes do carro. Afinal de contas, é sempre bom contar com eles em uma situação de emergência.

Apesar disso, muita gente não sabe as diferenças entre os tipos de discos de freio e nem como identificar o momento certo para realizar a troca das pastilhas, por exemplo.

Para te ajudar nisso, UOL Carros elaborou uma breve lista com algumas das principais dúvidas sobre freios. Confira!

Como funcionam os freios?

O freio funciona por meio do atrito de alguns componentes. O sistema é composto pela parte fixa na estrutura do veículo e a parte móvel que gira com as rodas. É o atrito resultante do contato dessas peças que gera uma força cujo calor (dissipado no ar) se converte em energia mecânica e imobiliza o carro.

Existe uma hora certa de realizar a troca das pastilhas de freio?

Cada fabricante recomenda um intervalo para realizar a troca das pastilhas de freio, bem como a verificação do sistema de freios. Essas informações podem ser encontradas no manual do proprietário do veículo.

Porém, o tipo de veículo e especialmente o uso feito pelo proprietário podem reduzir a vida útil do componente. É por isso que recomenda-se realizar verificações periódicas do sistema de freios.

Como saber a hora de trocar as pastilhas de freio?

Além de perceber a perda da eficiência dos freios na prática, o motorista tem outras maneiras de descobrir isso. Se a espessura das pastilhas de freio for inferior a 2 milímetros, a capacidade de frenagem fica comprometida.

Outro tipo de alerta de desgaste é um ruído agudo causado pelo contato do batente metálico com o disco, que costuma ocorrer quando a espessura das pastilhas está abaixo do ideal. Esse som característico serve como um indicador de que a troca é necessária.

O que é e como funciona um freio a tambor?

O freio a tambor é o sistema de frenagem mais barato e tradicional. Quando o pedal de freio é acionado pelo motorista, a pressão é transmitida pelo fluido de freio até o cilindro que contém os pistões, responsáveis por empurrar as sapatas contra a superfície interna do tambor que gira em conjunto com a roda do carro.

Assim que entram em contato com o tambor, as lonas, presas às sapatas, produzem atrito que converte a energia cinética do carro em calor, realizando a frenagem.

Por que o freio a disco é mais eficiente do que o freio a tambor?

O sistema de freio a disco é capaz de dissipar mais rapidamente o calor provocado pela frenagem, reduzindo a velocidade do veículo de forma mais eficiente.

O que é um freio a disco ventilado?

Um freio a disco ventilado traz dois discos mais finos unidos por uma câmara interna, que permite a passagem do ar entre eles. Assim, o conjunto pode ser resfriado com mais rapidez.

Qual é a função de um freio a disco perfurado?

O freio a disco perfurado (que também é ventilado) traz pequenos furos no disco que aumentam o atrito e, consequentemente, o poder de frenagem em situações críticas. Outra função dos furos é ajudar a dissipar o calor.

Como funciona o sistema de freios ABS?

O sistema de freios ABS se vale de sensores que identificam quando a frenagem pode causar o travamento de uma ou mais rodas. Assim, o freio aplica pressão e solta continuamente por alguns segundos, pinçando de forma muito rápida o disco ou o tambor para evitar que as rodas travem e escorreguem no asfalto.

Quais são as vantagens dos freios ABS?

Os freios com sistema ABS impedem o travamento das rodas e permite que o motorista mantenha o controle da direção. Assim, o condutor pode realizar desvios de trajetória enquanto o sistema atua para frear o veículo. A distância de frenagem também é menor, uma vez que o recurso impede que o veículo deslize sem controle e com as rodas travadas.

É normal o pedal do freio trepidar em frenagens com ABS?

Sim. Isso acontece quando o sistema que impede o travamento das rodas está funcionando de forma efetiva. É por isso que o motorista deve manter a pressão total no pedal de freio até o veículo parar completamente.