PUBLICIDADE
Topo

Combustíveis: como escolher, descobrir problemas e dúvidas em geral

Combustível "batizado" pode causar problemas no motor e no bolso - Foto: Shutterstock
Combustível 'batizado' pode causar problemas no motor e no bolso
Imagem: Foto: Shutterstock

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/11/2020 15h11

Nenhum carro roda bem sem combustível de qualidade. É por isso que escolher um estabelecimento confiável é essencial para evitar problemas.

Se o produto estiver 'batizado' (ou seja, com presença de solvente ou etanol acima do permitido), o carro apresentará problemas de consumo e desempenho. Isso se não houver uma falha mecânica que resulte em uma visita de emergência ao mecânico.

Você sabe como escolher o combustível certo? Ou identificar os sinais de que existe algo errado com seu veículo? É isso que você descobrirá a seguir.

Combustíveis: dúvidas e como identificar problemas

Etanol ou gasolina: qual combustível vale mais a pena?

Um simples cálculo aponta qual é o combustível mais vantajoso. Basta dividir o preço do litro do etanol pelo litro da gasolina. Se o resultado for inferior a 0,7, o derivado da cana-de-açúcar é o mais indicado. Caso seja maior que 0,7, então a gasolina é melhor.

O que é gasolina 'batizada' ou adulterada?

Gasolina adulterada ou 'batizada' é um produto cuja concentração de etanol é maior do que o limite permitido pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Atualmente, a porcentagem de etanol anidro combustível permitido na gasolina comum é de 27%, sendo que a margem de erro é de 1% para mais ou para menos. Na gasolina premium o índice máximo permitido é de 25%.

Existe etanol adulterado? Como posso identificá-lo?

Sim. A adulteração mais comum é o "álcool molhado", que traz mais água do que o permitido (5%). Na prática, isso resulta em aceleramento da corrosão e maior desgaste de peças do motor.

O motorista pode identificar o problema se houver excesso de água pingando do escapamento, especialmente por mais de 15 minutos com o motor ligado. É bom também ficar de olho nos avisos no painel, uma vez que o alerta de falha no sistema de injeção também pode acender.

Como sei se meu carro está com combustível adulterado?

O veículo pode acender uma luz que indica falha no sistema de injeção eletrônica. Isso acontece porque o componente é responsável por controlar a admissão de combustível e identificar a porcentagem de mistura com ar.

Quando você abastece com combustível adulterado, o próprio veículo dá indícios de que algo está errado. É comum o carro apresentar perda de potência ou falhar constantemente a ponto de parecer que o motor vai morrer. O aumento no consumo é outro indício.

Posso encher o tanque 'até a boca'?

Não. A prática pode causar danos ao cânister, peça localizada entre o tanque de combustível e a admissão do motor.

Sua função é filtrar vapores para reduzir os gases prejudiciais emitidos pelo veículo. O excesso de combustível, porém, pode causar inundação do cânister, o que impede a filtragem de acontecer e pode resultar no desprendimento de carvões, aumentando as chances de danos a outras partes mecânicas.

Qual é a diferença entre gasolina aditivada e gasolina podium ou premium?

Enquanto a gasolina aditivada traz maior concentração de aditivos em relação à comum, a gasolina premium (ou podium, como é chamada por algumas bandeiras) tem maior octanagem.

É por isso que ela é a mais indicada para veículos com alta taxa de compressão, especialmente esportivos importados. Com a gasolina de alta octanagem, estes carros podem ter melhor aproveitamento do motor, embora o combustível não aumente a potência do veículo.

Carro com aditivo extra funciona melhor?

Não. Os próprios combustíveis aditivados já possuem aditivos em suas composições. Além disso, os veículos mais baratos são projetados para rodar com combustíveis comuns. No caso dos modelos esportivos, recomenda-se gasolina de maior octanagem, conhecida como premium ou podium.

Quais as vantagens da gasolina aditivada?

A presença de aditivos na gasolina impede a formação de depósitos de sujeiras (conhecidos como depósitos carboníferos) no interior do motor. Assim, o combustível protege o motor ao mantê-lo limpo e realizando a combustão de forma correta.

Quais as vantagens do etanol aditivado?

Como o nome diz, o etanol aditivado possui aditivos que lubrificam partes do motor e limpam resíduos no bico injetor, gerados por conta do trânsito de lubrificantes no motor.

Só que, diferente da gasolina, no etanol não há necessidade de uma proteção extra, até porque o combustível derivado da cana-de-açúcar é muito menos nocivo.

Qual é a diferença do diesel comum para o diesel S10?

Fora diferenças na coloração e no preço do litro, o diesel comum, conhecido como S500, traz mudanças na composição frente ao S10.

Enquanto o S500 possui 500 partes de enxofre por milhão, o S10 tem apenas 10 partes de enxofre por milhão.

Embora ambos possam ser utilizados em motores de caminhões e ônibus, o S500 é indicado para veículos fabricados até 2012. Já o S10 é mais aconselhado para veículos mais novos, que trazem motores mais modernos e menos resistentes para receber quantidades maiores de enxofre.

Além disso, o diesel S10 é menos poluente e, por trazer menos enxofre, não é tão corrosivo quanto o S500.

Errata: o texto foi atualizado
A palavra 'premium' estava repetida em um dos tópicos do texto. Erro corrigido.