PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Grávida, Bruna Surfistinha diz ter incômodo no sexo: veja melhores posições

Bruna Surfistinha está grávida de gêmeos: dificuldade em algumas posições sexuais - Reprodução/Instagram
Bruna Surfistinha está grávida de gêmeos: dificuldade em algumas posições sexuais Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa

21/06/2021 12h14

Grávida das gêmeas Maria e Elis, Raquel Pacheco, conhecida como Bruna Surfistinha, revelou ao podcast "Versão Mãe" que determinadas posições sexuais têm incomodado, como a conhecida "papai e mamãe". E um dos motivos é o tamanho da barriga. A libido também não e a mesma, ela fala na entrevista: "tem dias que estou com muita vontade, muito desejo, e outros que não". Raquel dará à luz em setembro.

A Universa, especialistas ensinam que esse desconforto e a oscilação da libido acontecem mesmo. A ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade Pro Matre Carolina Burgarelli afirma que a falta de desejo sexual acontece principalmente no começo da gravidez, quando a mulher sente náuseas e o corpo começa a mudar. Já no segundo trimestre, ela tende a voltar e algumas pacientes têm até um aumento no desejo sexual.

Também não é preciso ter medo do sexo na gravidez. A ginecologista e obstetra Carolina Ambrogini garante que o sexo em nada impacta a formação do bebê, nem vai machucá-lo. "A história de que sexo machuca a criança e que orgasmos podem desencadear trabalho de parto prematuro não é verdade. Na gestação, inclusive, a mulher tem mais lubrificação vaginal e pode ter aumento no desejo", diz.

Confira algumas posições sexuais para ajudar as grávidas que estão inseguras na hora da relação. Mas antes de experimentar uma delas —ou todas— tenha em mente que sexo não é só penetração. Quando você não se sentir à vontade para transar até o fim, aproveite para curtir outras coisas, como masturbação (mútua ou não), sexo oral, beijos, fantasias, descoberta de zonas erógenas, banhos a dois etc.

Que tal começar com massagens?

O uso de óleos, hidratantes e géis corporais —com a devida aprovação do médico, para evitar o risco de reações alérgicas— em massagens, toques e até carícias orais são o ponto de partida ideal para animar a transa de qualquer gestante, pois ativam a circulação e excitam ao mesmo tempo.

Papai e mamãe

Para quem ainda não está com o barrigão despontando, como Raquel, a mulher pode se sentir mais confortável ao se deitar de costas na cama, e deixar as pernas abertas para que o parceiro possa se encaixar entre elas e fazer o movimento de vaivém da penetração.

Encostadinhos na parede

Nessa posição, a mulher grávida deve encostar as costas em uma parede e levantar uma das pernas na altura da cintura do parceiro. Ele dará apoio a esse pé que está fora do chão enquanto a penetra. Bônus: a mão que não está sendo usada pode estimular o clitóris na hora do sexo.

Sob quatro apoios

Aos 5 meses, com o bebê maiorzinho e a barriga já bem aparente, as posições nas quais a mulher está de costas facilitam a hora do sexo, como a de quatro apoios. Nela, a mulher deve apoiar o peso do corpo nas mãos e joelhos, deixando as pernas abertas. Por trás, o parceiro deve se ajoelhar e encaixar-se entre as canelas da grávida, penetrando-a por trás e fazendo o vaivém.

Conchinha sexy

Com a mulher deitada de lado, o homem deve encaixar-se por trás para fazer a penetração. Para facilitar o caminho, ela pode passar uma perna por cima do parceiro. Bônus: com as mãos, ele pode estimular os mamilos ou o clitóris durante o vaivém.

Cowgirl

Nessa posição, o homem deve se deitar com as costas apoiadas na cama e as pernas bem abertas - a mulher que comandará a penetração dessa vez. Ela se encaixará por cima, descendo lentamente no pênis até a altura que achar confortável. Fazendo forças com os joelhos na cama, ela fará o sobe e desce.

De ladinho

Como a barriga já bem grande, a mulher pode se sentir mais confortável nessa posição. Nela, a grávida deve deitar com as costas apoiada na cama e deixar as pernas com os joelhos flexionados e pés no colchão. O parceiro irá se encaixar em um ângulo de 90 graus no espaço entre as pernas, que agora deverão passar por cima do quadril dele. O movimento de vaivém dependerá de uma rebolada extra do boy, mas ele consegue.

Cadeira do prazer

Nessa posição, o parceiro deve sentar-se na cadeira, com as costas encostadas, e afastar um pouco as pernas. A mulher encaixa-se por cima, com as costas virada para o peito do homem, e controla o vaivém na profundidade que for confortável.

Safadinhos no sofá

Que tal mudar um pouco os ares e levar a transa para a sala? Usem o encosto do sofá como ajuda para a manobra dessa posição. A mulher deve inclinar levemente o tronco para frente, apoiar as mãos no encosto do sofá e deixar as pernas abertas. O parceiro vem por trás, a segura pela cintura e faz o vaivém.

* Com informações de Arnaldo Schizzi Cambiaghi, ginecologista obstetra com certificado em reprodução assistida do Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia (IPGO).

Mães e filhos