PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Na Grã-Bretanha, casal transgênero quer segundo filho após marco histórico

Casal espera contar co9m o mesmo homem que doou esperma para geração da primeira filha - Reprodução/Instagram
Casal espera contar co9m o mesmo homem que doou esperma para geração da primeira filha Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/02/2021 18h21

O primeiro casal transgênero da história da Grã-Bretanha a ter um filho, em 2020, quer agora repetir a dose ao tentar sua segunda gravidez.

Em janeiro do ano passado, Hannah, uma ex-combatente do exército, e Jake, que é ator, conseguiram engravidar com a ajuda de um doador de esperma.

Segundo o site Metro, o casal utilizou o esperma de um doador para executar inseminação artificial com os óvulos de Jake, que precisou interromper seu tratamento de injeção de hormônios.

A pandemia do novo coronavírus serviu também para unir a família, que contou com a chegada de Millie, em abril de 2020. Foi aí que Jake e Hannah decidiram ter mais um filho.

"Sempre dissemos que queríamos ter um irmãozinho para Millie e é algo que vamos tentar quando for permitido pelas regras de bloqueio (quarentena) atuais", disse Hannah ao Wales Online.

Apesar da decisão, a mulher não tem certeza ainda se poderá contar com o doador da primeira filha, mas está confiante. "Não sabemos como vai ser, mas nosso incrível doador gentilmente se ofereceu para tentar de novo. Talvez haja boas notícias no final de 2021" disse.

Jake espera repetir a experiência da primeira gravidez. "Ter Millie foi um sonho absoluto. Os últimos nove meses foram incríveis. É algo que nunca pensei que aconteceria comigo, e não acho que Hannah pensou que aconteceria com ela também", disse o ator.

Com a segunda gravidez, o casal espera dar continuidade a um legado que possa inspirar jovens transgêneros. "Se pudermos fazer com que todos os jovens transexuais percebam que há esperança e que pode ter uma vida tão gratificante quanto qualquer outra pessoa, é uma mensagem realmente poderosa", falou a ex-capitã do exército britânico ao programa TV Lorraine Show, em 2020.

Mães e filhos