PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

'Nasce uma mãe, nasce uma mulher bipolar', diz Giselle Itié

Giselle Itié e o filho Pedro Luna - Reprodução/Instagram
Giselle Itié e o filho Pedro Luna Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

08/09/2020 12h11

Acostumada a dividir os desafios da "maternidade real" com seus seguidores nas redes sociais desde que deu à luz Pedro Luna, em março, Giselle Itié usou o Instagram para contar sobre como precisou abrir mão de seu plano de descansar para cuidar do bebê. A atriz disse que como mãe sente "um mix de frustração".

"Fui pra casa dos meus pais com aquela vontade gigantesca de cair na piscina. Só que o pequeno tava com aquela vontade gigantesca de cair no sono mas não conseguia. Resumo:ambos com suas vontades mas infelizmente não conseguíamos realizá-los", relatou.

"Nossa senhora! Eu que sempre fui uma mulher de sentir e ir em busca. Hoje, mãe, sinto um mix de frustração sabe?", desabafou.

"Por isso que digo que nasce uma mãe, nasce uma mulher bipolar. Pois sempre é uma sensação de frustração e exaustão BARRA satisfação e potência", acrescentou. O relato é acompanhado de uma foto em que ela amamenta o bebê.

Recentemente, Giselle falou sobre o desafio de ser mãe solo. Pedro Luna é filho da atriz com Guilherme Winter. "A solidão de uma mãe solo é tão assustadora a ponto de estourar a alma até quebrar os ossos. Sim, nasci no México. Não, não é drama", escreveu na ocasião.

À Quem, a atriz também contou que já sofreu críticas e teve seus posicionamentos confundidos com depressão por mostrar a "maternidade real", cheia de dificuldades, em suas redes sociais. "Houve algumas pessoas que apontaram que eu estava depressiva. Pelo simples fato me abrir e escrever a verdade sobre a maternidade real", disse.

Mães e filhos