PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

'Tudo é para nosso bem e evolução', diz Mariana Rios sobre vida após aborto

"O sofrimento não é uma opção", afirmou Mariana quase 2 meses depois de sofrer uma aborto espontâneo  - Reprodução / Internet
'O sofrimento não é uma opção', afirmou Mariana quase 2 meses depois de sofrer uma aborto espontâneo Imagem: Reprodução / Internet

Colaboração para Universa, em São Paulo

03/09/2020 10h12Atualizada em 03/09/2020 12h13

Poucos dias depois de anunciar que estava grávida do primeiro filho, no início de julho, Mariana Rios voltou às redes para contar que havia sofrido um aborto espontâneo. Quase dois meses mais tarde, a atriz e cantora diz que, após alguns dias de "sofrimento", passou a encarar a "provação" como uma oportunidade para crescer como pessoa.

"Foi um momento difícil, mas que me fez crescer e evoluir como pessoa. Busquei esse entendimento desde o início, acredito que nós escolhemos o caminho pelo qual queremos seguir", afirmou Mariana em entrevista ao GShow.

Mariana, que havia anunciado a novidade em seu Instagram, com uma foto mostrando a evolução de sua barriga na gestação, usou as redes sociais para tranquilizar os seguidores depois do aborto espontâneo. Na época, ela contou que "alguma coisa lhe dizia que iria ser assim" após um sonho que teve com o irmão, que morreu ainda criança.

Ela voltou a falar do seu processo de luto, defendendo o pensamento de que mesmo as coisas ruins da vida "são para nosso bem e evolução".

"Me permiti ficar triste por alguns dias, mas com a certeza de que é preciso enfrentar as provações da vida com a consciência de que tudo é para nosso bem e evolução. Então, o sofrimento não é uma opção", disse.

A artista, que se dedicou à música nos últimos dois anos, manteve o filho no ventre sem sinais vitais por 10 dias para que o feto saísse de maneira natural, evitando um procedimento de curetagem, em que o bebê é tirado do útero de maneira cirúrgica.

Mariana se mostrou otimista sobre o futuro da família com o noivo, o empresário Lucas Kalil, mas destacou que não tem pressa para voltar a engravidar.

"Acho que tudo está muito recente ainda e estou me dando o tempo necessário para trabalhar isso dentro de mim. Quando chegar o momento certo, vai acontecer."

Mães e filhos