PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Quais objetos da casa trazem boas energias e quais pioram astral? Aprenda

Em cada cômodo, é possível fazer energia circular melhor; aprenda - Reprodução/Pinterest
Em cada cômodo, é possível fazer energia circular melhor; aprenda Imagem: Reprodução/Pinterest

Heloísa Noronha

Colaboração com Universa

14/04/2020 04h00Atualizada em 27/04/2020 14h52

Todo mundo quer morar em uma casa feliz, harmoniosa e equilibrada. No entanto, alcançar esse desejo pode ser tornar algo complicado se você mantém objetos quebrados, espelhos manchados e plantas murchas espalhados pelos cômodos. Para afastar as vibrações negativas e atrair as boas, descubra o que é bom ter ou não em seu lar.

Objetos que atraem boas energias para casa

Flores frescas: de acordo com a técnica Feng Shui, flores frescas sem espinhos atraem boa sorte para a casa. As flores com espinhos não são recomendadas para o interior da casa pois podem interromper o fluxo de Chi - a energia vital segundo a prática. Procure sempre ter um vaso na mesa ou sobre alguma cômoda. O ideal é que as flores sempre fiquem à vista para você lembrar de trocá-las. Outras plantas, como a Espada-de-São-Jorge, protegem as casas do mau-olhado.

Enfeites de elefante: o animal é muito usado como símbolo que atrai riqueza e prosperidade. Muitas pessoas o carregam em chaveiros, mas o mais comum é ter um na sala ou no escritório. Em geral, eles são posicionados de costas para a porta de entrada para dar mais sorte.

Olho grego: também conhecido como olho turco ou nazar, esse amuleto tradicional é conhecido por proteger contra energias negativas e inveja. Um bom lugar para pendurá-lo é na frente da porta de casa ou na maçaneta, como um pingente.

Imagem de Buda: tem inúmeros significados e representações. De modo geral, porém, está associado à iluminação, à paz, ao amor e à felicidade. Também é chamado de Buda da Felicidade, pois "absorve" as preocupações dos moradores da casa. Além de boas energias, o Buda na versão sorridente atrai prosperidade e sorte, principalmente para o sucesso dos negócios e a carreira.

Pedras e cristais: os cristais são amplamente conhecidos por limpar as energias pesadas de ambientes e pessoas, devido às suas propriedades curativas. O quartzo branco, por exemplo, é super versátil e limpa as energias. Pedras pretas, como hematita e turmalina preta, afastam mau-olhado, inveja e outras vibrações negativas. A ametista é a pedra da espiritualidade e, por ser bonita, contribui positivamente para o visual de qualquer ambiente. Já o cristal olho de gato traz estabilidade financeira.

Vaso de pimenta: além de garantir uma decoração charmosa, por conta da coloração vermelha intensa do alimento, um vasinho de pimenta ajuda a afastar as energias ruins e a inveja.

Mensageiros do vento: conhecidos também como sinos de vento, promovem equilíbrio de energias no ambiente e ainda afasta toda a negatividade que possa estar presente na casa.

Mão de Fátima: sua representação tem a aparência da palma de uma mão com os cinco dedos estendidos. O símbolo, afasta a energia ruim. É bom colocá-lo atrás da porta de entrada.

Sua representação tem a aparência da palma da mão com cinco dedos estendidos. O símbolo, conhecido por Hamsá ou Mão de Deus, é usado como amuleto; no judaísmo e no islamismo, atua contra as energias negativas e atrai boas vibrações.

Objetos que trazem energias negativas (e por que evitá-los)

Lembranças fúnebres: objetos e lembranças de pessoas já falecidas, como urnas de cinzas de cremação ou fotos em exposição, remetem à tristeza e ao apego ao passado. Vale a pena refletir a sua conservação, pois elas podem criar todo tipo de dificuldades, tais como perda de prosperidade, baixa vitalidade e problemas de relacionamento. O melhor é conservar as memórias no coração.

Plantas secas e artificiais: as murchas ou mortas geram energias estagnadas que atraem as chamadas larvas astrais, restos de energias de baixa frequência que surgem a partir de emoções e sentimentos tóxicos que exalamos pelos ambientes onde costumamos ficar. Já as flores artificiais interferem na fluidez das vibrações e ainda acumulam poeira e energia suja e parada. Tudo isso atrapalha bastante o equilíbrio energético de qualquer casa.

Objetos quebrados: mesmo que tenham um valor sentimental, agem como drenos de energia no lar. Aliás, o hábito de guardar qualquer coisa que não funciona mais deve ser eliminado da sua vida, se você quer progredir. Se algo quebrou, conserte, jogue fora, faça uma doação ou mande para a reciclagem. Louças com lascas partidas ou trincadas também precisam ser eliminadas de sua cozinha.

Enfeites não queridos: aqui é importante lembrar a máxima de Marie Kondo, guru japonesa da organização e autora do best-seller "A Mágica da Arrumação". Se um objeto não lhe traz alegria, dispense-o. Ninguém deve manter em casa itens dados por uma pessoa que você não gosta ou com quem rompeu a relação de forma traumática. O melhor é tirar esses objetos de casa, doá-los ou presentear outra pessoa. Mantê-los é continuar presa ao relacionamento que lhe fez mal.

Espelhos quebrados ou manchados: os espelhos devem estar sempre impecáveis. Se estão rachados, manchados ou em mau estado deveriam sair de sua casa, se você acredita na troca de energia. Segundo o Feng Shui, os que apresentam boas condições podem ser mantidos bem limpos, mas evite colocá-los no quarto. Para os estudiosos da técnica, nesse local eles prejudicam o sono e o descanso.

Partes de animais mortos: ter em casa peles, conchas, chifres, galhadas, objetos de marfim, patas ou espécies embalsamadas é sinal de má sorte. A crença tem a ver com energias estancadas, interrompidas com a morte que está presente no local.

Fontes consultadas: Adriana Borges, parapsicóloga clínica, de São Paulo (SP); Maíra Santarém, terapeuta e taróloga, de São Paulo (SP), e e Sandra Susi, paranormal e consultora de Feng Shui, de São Paulo (SP).

Alto Astral