Topo

Michelle Pfeiffer revela ter sido abusada por "homem poderoso" aos 20 anos

Michelle Pfeiffer - Getty Images
Michelle Pfeiffer Imagem: Getty Images

De Universa

21/10/2019 10h42

Dois anos após o estouro do movimento #MeToo, Michelle Pfeiffer revelou ter sido abusada sexualmente, aos 20 anos, "por um homem poderoso" da indústria do cinema.

Hoje, aos 61 anos, a atriz de Malévola não contou detalhes sobre o episódio e nem a identidade de seu agressor, que teria "se comportado de forma inadequada", mas disse que levou algum tempo para chegar à conclusão que, de fato, tinha uma história de abuso sexual para compartilhar.

"Primeiro, pensei que não tinha vivido aquilo, mas, com o passar do tempo, percebi'", disse Pfeiffer ao The Sunday Times. "Há um processo pelo qual você passa, de negação, culpa. 'Eu não deveria ter usado esse vestido', 'Eu deveria saber.' E então você olha para o passado através de uma lente adulta e pensa: 'Eu era uma criança', houve várias situações que não eram boas".

Pfeiffer não é a primeira veterana de Hollywood a abrir o jogo sobre um episódio que abuso sexual ocorrido há anos.

De 2017 para cá, personalidades como Angelina Jolie, Alyssa Milano, Rosie O'Donnell, Thandie Newton, AnnaLynne McCord, Rose McGowan, Cara Delevingne e Uma Thurman relataram casos de estupro e assédio sexual, muitos deles contra o ex-produtor Harvey Weinstein, cujo julgamento foi adiado para janeiro de 2020.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que informou o último parágrafo da matéria, o produtor Harvey Weinstein não está preso. A informação foi corrigida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Violência contra a mulher