PUBLICIDADE
Topo

Pandemia aumenta em 91% tempo de usuário brasileiro no YouTube

SOPA Images/LightRocket via Getty Images
Imagem: SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Renata Baptista

De Tilt, no Recife

09/11/2020 04h00

Na pandemia do novo coronavírus, muitos hábitos tiveram que ser mudados devido à necessidade de ficar em casa. O YouTube foi um exemplo disso. Atualmente, 105 milhões de brasileiros acessam a plataforma mensalmente. Segundo a Pesquisa ComScore VideoMetrix, que comparou os acessos em julho do ano passado e julho deste ano, 91% afirmam ter aumentado seu tempo de uso na plataforma.

Os dados foram apresentados na quinta-feira (5), durante a sexta edição do Youtube Brandcast, evento anual para agências e marcas.

A quarentena impactou, ainda, o modo como os brasileiros assistem aos vídeos da plataforma. Em um período em que foram exibidas várias lives de artistas, o tempo de exibição em telas de TV cresceu 120% em relação a 2019 - são mais de 40 milhões de brasileiros assistindo aos conteúdos disponíveis na plataforma pela televisão.

Conteúdos

A média global de visualizações diárias de vídeos no YouTube sobre meditação aumentou mais de 40% desde 15 de março, em comparação aos dois meses e meio anteriores à data, de acordo com uma pesquisa da Talkshoppe encomendada pelo Google e realizada em agosto. O levantamento contou com a participação de mais de 2 mil entrevistados em todo o país.

Muitos também buscaram o YouTube para manter a forma ou para começar uma atividade física. Entre março e setembro de vídeos de exercícios com os termos "em casa" e "sem equipamento" foram vistos mais de 190 milhões de vezes no Brasil, segundo dados internos da plataforma.

No quesito educação, 91% dizem que a plataforma ajudou a aperfeiçoar uma habilidade de interesse e 52% contam que aprenderam algo novo no YouTube durante a pandemia. Foi registrado um aumento por vídeos com variações do termo "para iniciantes" no título, que acumularam 280 milhões de views no Brasil entre março e setembro.

Muita gente que não cozinhava precisou desenvolver os dotes culinários. Receitas com o termo "fácil" no título foram vistas mais de 1 bilhão de vezes no intervalo de março a setembro, na plataforma. Jardinagem também virou tendência: vídeos com os termos "horta", "cultivo" ou "plantas" e "em casa" no título foram assistidos mais de 16 milhões de vezes no período.

Entretenimento

Com teatros, cinemas, museus e casas de shows fechados, as pessoas se voltaram ao YouTube em busca de entretenimento. Artistas de todos os gêneros realizaram transmissões ao vivo, e quase metade dos usuários do YouTube utilizaram a plataforma como um substituto de um evento ao vivo durante a pandemia, segundo a Google Consumer Survey, pesquisa online realizada com 1.007 entrevistados entre 18 e 54 anos, realizada em junho deste ano.

Marília Mendonça -                                 YOUTUBE/REPRODUÇÃO                             -                                 YOUTUBE/REPRODUÇÃO
Live de Marília Mendonça atingiu mais de 3 milhões de visualizações simultâneas
Imagem: YOUTUBE/REPRODUÇÃO

No topo do pódio da audiência, ficou a cantora e compositora Marília Mendonça, que em 8 de abril atingiu o pico de mais de 3 milhões de visualizações simultâneas em uma live em seu canal no YouTube.