PUBLICIDADE
Topo

Por segurança, 99 implementa monitoramento de corridas e gravação de áudio

Logo do app 99 - Reprodução
Logo do app 99 Imagem: Reprodução

De Tilt, em São Paulo

05/03/2020 13h34

A 99 informou nesta quinta (5) que vai implementar medidas para aumentar a segurança de passageiros e motoristas. A ação ocorre depois que uma passageira em São Paulo relatou ter sido estuprada por um motorista do aplicativo no dia 25 de fevereiro. Ele foi banido da plataforma.

A empresa informou que vai lançar, ainda em março, uma ferramenta de gravação de áudio para todo o Brasil. A função vai permitir que passageiros e motoristas façam gravações durante as corridas ao acionar um botão no app.

Em abril, a 99 prometeu dar início à implementação de uma tecnologia de monitoramento de corridas. A ferramenta funcionará por inteligência artificial e vai detectar mudanças de rota e trajetos com o tempo acima do previsto.

De acordo com o comunicado enviado à imprensa, a implementação das duas tecnologias já estava em desenvolvimento, mas foi antecipada devido ao suposto caso de estupro.

A 99 disse ainda lamentar profundamente a violência sofrida pela passageira. "A companhia está prestando todo apoio à vítima e compartilhando as informações pertinentes à Delegacia de Defesa da Mulher encarregada da ocorrência, auxiliando em seu esclarecimento".

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS