PUBLICIDADE
Topo

Luciana Bugni

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Paolla e Diogo juntos? Não sobra sensualidade pra mais ninguém no Brasil

Paolla Oliveira, água de coco, a cervejinha... e você sabe como o cavaco chora - Reprodução/Instagram
Paolla Oliveira, água de coco, a cervejinha... e você sabe como o cavaco chora Imagem: Reprodução/Instagram
Luciana Bugni

Luciana Bugni é gerente de conteúdo digital dos canais de lifestyle da Discovery. Jornalista, já trabalhou na "Revista AnaMaria", no "Diário do Grande ABC", no "Agora São Paulo", na "Contigo!" e em "Universa", aqui no UOL. Mora também no Instagram: @lubugni

Colunista do UOL

19/07/2021 09h42

Paolla Oliveira e Diogo Nogueira possivelmente estão namorando, diz o push de notícias que recebo no meu computador enquanto estou trabalhando. Demoro um pouco para entender. Paolla e Diogo o quê? Deve ser alguma eleição dos brasileiros com mais sex appeal das últimas décadas. Não deu tempo de clicar, passou.

O push volta uns minutos depois. Paolla Oliveira e Diogo Nogueira foram apresentados pela irmã dele. Clico. O texto revela um jeito antiquado de se conhecer alguém: fisicamente, num jantar na casa de alguém, pra depois trocar telefones, combinar algum coisa: pô, a vida era boa, hein? Me distraio de novo.

Volto para a tela onde os nomes de Paolla e Diogo estão estampados. Não há fotos deles juntos, não é um namoro oficial. Apenas um clique num caixa de padaria. Imagina esses dois juntos?

A rica imaginação do brasileiro em 2021

Ah, minha fértil imaginação pandêmica já criou a cena toda. Eles estão na praia, pé na areia, água de coco, caipirinha e a cervejinha. "Nada pode ser melhor do que a gente junto, nós dois", ele canta. Paolla dança (alguém é capaz de vencê-la na Dança dos Famosos?) olhando para trás, em direção ao mar. Diogo morde os lábios como faz para cantar, dá um gole da água de coco, da capirinha, da cervejinha. Vai atrás dela correndo, ela dá um gritinho empolgado. Eles sujos de areia, de sal, de sol? me distraí outra vez.

Devia ser proibido juntar duas pessoas tão sensuais num único casal, porque sobra pouquíssima energia sexual para o resto da humanidade.

Como você vai mandar nudes para alguém sabendo que Diogo Nogueira pode estar fazendo isso em algum lugar na beira do mar onde está fazendo calor e ninguém pode os achar? Como fica sua autoestima se você pensar que quem está recebendo a mensagem é Paolla Oliveira? Esse casal anula as possibilidades de ser sexy de qualquer outro casal na humanidade.

Fico envergonhada com a minha obsessão, afinal já estou há 12 minutos almejando a sensualidade alheia nessas linhas e tenho mais trabalho a fazer. Encontro conforto na informação que leio: Tiago Leifert também ficou obcecado com a notícia e foi querer saber mais com uma das maiores envolvidas no romance, a própria Paolla. Ele foi, apesar de jornalista esperto, educado. Ela despistou. Eu ainda diria: vocês podem começar a postar umas fotos juntos para eu curtir? Aquela da padaria não tem tanta graça. Postar música também não.

Por um reality show desses dois, eu voto sim

Pronto, já estou envergonhada de novo. Não é porque a minha vida, a do Tiago Leifert, a sua e de todos os brasileiros anda meio sem novidades que a gente tem que se apegar nesse casal, né? Mas imagina esse jantar, Paolla e Diogo trocando olhares, será que filmaram? Eu gostaria de ver. Leifert, poderia ser um reality show, não acha? Fica aí a ideia para vocês capitalizarem em cima e eu consumir.

Mas é isso, já canta Diogo: "mil ideias e uma história de amor e o assunto é nós dois". Eu não tenho nada a ver com isso. Nem você. Vamos voltar para o trabalho que Diogo e Paolla estão ocupados e certos em não transformar um possível romance num circo para gente entediada se alimentar. Sorte a deles.

Você pode discordar de mim no Instagram. Ou passar o resto do dia preso nesse vídeo de Paolla dançando funk no Domingão. Você que sabe.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL