PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

Globo perderá seus principais apresentadores de auditório em 2021

Faustão, Luciano Huck e Angélica - Webert Belicio/AgNews
Faustão, Luciano Huck e Angélica Imagem: Webert Belicio/AgNews
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

25/01/2021 12h28

Resumo da notícia

  • Nesta segunda-feira (25), Fausto Silva anunciou que não renovará contrato com a emissora após 32 anos
  • Além de Faustão, Angélica e Luciano Huck devem seguir os mesmos passos por causa da carreira política
  • Márcio Garcia é o mais cotado para assumir as tardes de sábado da emissora no lugar do "Caldeirão"

O ano de 2021 forçará a Globo a promover uma renovação de parte de seu elenco de apresentadores. Isso porque, até dezembro, a emissora deverá perder três de seus principais apresentadores de programas de auditório. Ou seja: a grade de programação deve sofrer grandes mudanças em breve.

Fausto Silva foi o primeiro a confirmar que deixará o canal, em dezembro, após 32 anos de contrato. Depois de saber que perderia o "Domingão", o apresentador recusou a proposta da emissora de comandar um programa semanal nas noites de quinta-feira. No ar desde 1989, ele foi contratado depois de chamar a atenção com seu estilo anárquico à frente do "Perdidos na Noite", que teve passagens pela TV Gazeta e pela Band. Aos domingos, fez quadros como "As Olimpíadas do Faustão", "Jogo da Velha", "Videocassetadas" e "Sexolândia" entrarem para a história.

Outros dois nomes devem seguir os passos de Faustão nos próximos meses: Luciano Huck e Angélica. O apresentador do "Caldeirão" parece empenhado nos planos de disputar a Presidência do país nas eleições de 2022. O contrato com a Globo vence neste ano e, sem renovação, Huck deve deixar o canal por volta de junho.

Como consequência, o futuro de Angélica é incerto. Embora menos empenhada na política, a apresentadora do "Simples Assim" não poderá emplacar nova temporada do programa em 2022 por causa da lei eleitoral. A loira já trabalha com a Globo por meio do contrato por obra certa.

De olho nas baixas, a emissora já se apressa em tomar decisões para tapar o buraco na programação. Uma delas deve envolver Márcio Garcia. Há planos de que o ator assuma as tardes de sábado, no lugar do "Caldeirão". Alguns projetos de programa desenvolvidos por atores, como Rômulo Estrela, também foram apresentados ao canal, mas sem resposta oficial. Resta acompanhar os próximos passos.