PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

Morre, aos 58 anos, o ator Eduardo Galvão, vítima do coronavírus

Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

08/12/2020 00h26

Resumo da notícia

  • Ator era conhecido por trabalhos como a série "Caça Talentos", na qual contracenava com Angélica
  • Sua última novela foi "Bom Sucesso", em 2019, na qual interpretou o Dr. Machado
  • Eduardo estava internado havia mais de uma semana na UTI de um hospital do Rio de Janeiro

Morreu na noite desta segunda-feira (7), aos 58 anos, o ator Eduardo Galvão. O ator estava internado havia mais de uma semana no Hospital Unimed, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, por causa do coronavírus. Ele deu entrada com cerca de 50% dos pulmões comprometidos.

Por causa de complicações, o artista chegou a ser intubado e passou os últimos dias em uma UTI. A informação foi confirmada pela família para amigos mais próximos por volta da meia-noite.

Nas redes sociais, famosos como Dadá Coelho, José de Abreu, Marina Moschen, Tuca Andrada, Inez Viana, Mayara Magri, Antonio Grassi e Marcelo Várzea manifestaram seu luto pela perda do colega.

Há dois dias, a Mariana Galvão, filha do ator, chegou a afirmar que ele apresentou melhora e passou a tomar shakes de nutrição. Além de Mariana, filha única, Eduardo deixa uma neta, Lara, de um ano.

Relembre a trajetória de Eduardo Galvão na TV

A última novela de Eduardo foi "Bom Sucesso", em 2019, na qual interpretou o Dr. Machado. Na Globo, o ator era conhecido por trabalhos como o infantil "Caça Talentos" (1996), no qual contracenava com Angélica, e tramas como "Despedida de Solteiro" (1992), "Porto dos Milagres" (2001) e "O Beijo do Vampiro" (2002).

Na TVE, emplacou mais um personagem voltado para crianças ao interpretar o pai do Menino Maluquinho, personagem criado por Ziraldo, em 2006.

Ele teve ainda passagens pela Record, onde integrou o elenco de "Apocalipse" (2017), e pela Band, onde fez "Dance Dance Dance" (2007). No GNT e na HBO, participou das séries "Questão de Família" (2014) e "Magnífica 70" (2015).