PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Deiveson Figueiredo bate Brandon Moreno e recupera título peso-mosca do UFC

Deiveson Figueiredo vence Brandon Moreno e recupera título peso-mosca do UFC - Reprodução/UFC
Deiveson Figueiredo vence Brandon Moreno e recupera título peso-mosca do UFC Imagem: Reprodução/UFC

Ag. Fight

23/01/2022 02h20

Neste sábado (22), o UFC promoveu na co-luta principal da edição de número 270, sediada em Anaheim (EUA), o terceiro capítulo da trilogia entre Brandon Moreno e Deiveson Figueiredo, novamente com o cinturão peso-mosca (57 kg) em jogo. E, desta vez, quem levou a melhor foi o 'Deus da Guerra', na decisão unânime dos juízes.

Com a presença de Henry Cejudo em seu corner, Deiveson Figueiredo mostrou que os treinos com o ex-campeão peso-mosca e peso-galo (61 kg) do UFC valeram a pena e, mesmo com a torcida a favor do mexicano, conseguiu recuperar o cinturão até 57 kg do Ultimate após uma equilibrada batalha de cinco rounds. Após o anúncio da sua vitória, o 'Deus da Guerra' não segurou as lágrimas e destacou o sacrifício feito por ele ao se afastar de sua família e partir rumo ao Arizona (EUA) para se preparar para a luta contra Moreno.

Na entrevista pós-luta, ainda no octógono, o brasileiro se colocou à disposição para enfrentar mais uma vez o rival e sugeriu que o quarto combate aconteça no México. Vale lembrar que na primeira disputa entre eles, o combate terminou em empate na papeleta dos juízes, já na revanche o mexicano levou a melhor. Agora, Deiveson conseguiu se vingar e recuperar o título.

A luta

O primeiro round foi de bastante estudo, sem nenhum dos dois lutadores se expondo muito. Deiveson desequilibrou o mexicano em duas oportunidades com chutes baixos e mostrou que os treinos com o ex-campeão do UFC Henry Cejudo fizeram efeito, conseguindo aplicar uma queda no rival.

Com uma postura bem mais confiante do que nas lutas anteriores, Moreno passou a arriscar mais golpes na trocação no segundo assalto. Mais rápido e com a confiança em alta, o mexicano conseguiu acertar bons golpes no desafiante,mesmo que sem tanto perigo. Já Deiveson diminuiu o ritmo.

No terceiro round, os dois abriram mais o jogo e ambos tiveram bons momentos. O assalto terminou com um knockdown aplicado pelo brasileiro e um esboço de triângulo de mão sendo encaixado pelo 'Deus da Guerra'.

Apesar do bom final de terceiro round, Deiveson diminuiu o ritmo no quarto período, enquanto Moreno manteve um volume de golpes um pouco superior ao do brasileiro. Os chutes baixos, aplicados pelo paraense desde o início, continuaram a fazer efeito.

O quinto round começou de forma diferente dos demais, com Moreno levando a luta para o solo. O brasileiro, entretanto, conseguiu se levantar rapidamente. Restando pouco mais de dois minutos, um duro golpe lançado por Deiveson levou o mexicano ao solo, mas o paraense não conseguiu capitalizar e finalizar a disputa. A peleja terminou de maneira eletrizante, com ambos aceitando a trocação franca e buscando o nocaute.

Confira os resultados do UFC 270:

Deiveson Figueiredo venceu Brandon Moreno por decisão unânime dos juízes;
Michel Pereira venceu André Fialho por decisão unânime dos juízes;
Said Nurmagomedov venceu Cody Stamann por finalização;
Michael Morales venceu Trevin Giles por nocaute técnico;
Victor Henry venceu Raoni Barcelos por decisão unânime dos juízes;
Jack Della Maddalena venceu Pete Rodriguez por nocaute técnico;
Tony Gravely venceu Saimon Oliveira por decisão unânime dos juízes;
Matt Frevola vence Genaro Valdéz por nocaute técnico;
Vanessa Demopoulos venceu Silvana Gomez Juarez por finalização;
Jasmine Jasudavicius venceu Kay Hansen por decisão unânime dos juízes.

MMA