PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Michel Pereira projeta no movimentado de olho em disputa de título do UFC

O lutador Michel Pereira atua nos meio-médios do UFC - Reprodução/Facebook/UFC
O lutador Michel Pereira atua nos meio-médios do UFC Imagem: Reprodução/Facebook/UFC

Ag. Fight

22/01/2022 08h30

Vindo de três vitórias consecutivas, sua melhor sequência desde que iniciou sua trajetória no principal evento de MMA do planeta, Michel Pereira volta à ação neste sábado (22), diante do português André Fialho, pelo card principal do UFC 270, em Anaheim (EUA). Embora esteja focado no compromisso à frente, o brasileiro não deixa de pensar no futuro e parece já ter planos bem traçados em sua mente para a temporada 2022.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight (clique aqui), Michel agradeceu ao português André Fialho por ter aceitado o combate de última hora, substituindo o russo Muslim Salikhov, adversário original do brasileiro, e se mostrou confiante na conquista de mais uma vitória. Tanto que o 'Paraense Voador' fez questão de compartilhar os planos ambiciosos que traçou para a temporada que se inicia, com um foco muito claro: se aproximar do topo da divisão dos meio-médios (77 kg) do UFC.

De contrato renovado por mais cinco lutas, Michel projeta aumentar sua frequência no octógono do Ultimate em 2022, e, se tudo ocorrer conforme o planejado neste sábado, o paraense já pensa em pedir para lutar no card especulado para acontecer no Rio de Janeiro (RJ), no dia 7 de maio. Até o final do ano, o meio-médio vislumbra entrar no ranking da categoria e, com uma boa sequência de lutas e triunfos, se aproximar de uma disputa de título, que poderia ocorrer já na próxima temporada.

"Esse ano, eu estou com um plano de fazer umas três ou quatro lutas. Penso em lutar no Brasil dia 7 de maio. Ganhando essa luta (contra o André Fialho), eu já penso em pedir para lutar em maio, porque eu quero lutar mais vezes", revelou Michel, antes de comentar sobre suas metas para a temporada.

"Para essa temporada, a primeira coisa (que eu quero) é entrar no ranking, e depois ir pegando os melhores da categoria. E, com essas quatro lutas (que eu pretendo fazer em 2022), chegar ali no cinturão. É o que eu penso. Em 2023, eu já estar ali (próximo) para disputar o cinturão. Eu penso que 2022 vai ser o meu melhor ano", concluiu.

No UFC desde 2019, Michel Pereira soma quatro vitórias e duas derrotas, uma delas por desclassificação, no octógono mais famoso do mundo. Um novo triunfo neste sábado, diante do estreante na liga André Fialho, ampliará a sequência positiva do brasileiro na organização e pode garantir uma vaga no ranking dos meio-médios, especialmente tendo em vista que seu adversário original no UFC 270, o russo Muslim Salikhov, que se retirou do duelo por razões não divulgadas, ocupa atualmente a 15ª colocação na lista.

Conhecido por sua personalidade carismática e estilo de luta plasticamente agradável aos fãs, com diversos golpes acrobáticos em seu repertório, o 'Paraense Voador' se transformou em um atleta bastante apoiado pelos fãs do esporte, o que, em conjunto com a ampliação de sua sequência positiva de resultados, pode encurtar seu caminho rumo ao topo da divisão até 77 kg do Ultimate.

MMA