PUBLICIDADE
Topo

MMA


Alex 'Cowboy' revela 'treino medieval' para atuar na 'Ilha da Luta'

Alex "Cowboy" comemora vitória sobre Max Griffin - Harry How/Getty Images/AFP
Alex 'Cowboy' comemora vitória sobre Max Griffin Imagem: Harry How/Getty Images/AFP

Ag. Fight

21/07/2020 13h41

Para buscar sua segunda vitória seguida no Ultimate, Alex 'Cowboy' precisou fazer algumas adaptações nos seus treinamentos.

Devido às restrições impostas para contenção da pandemia da covid-19, o meio-médio (77 kg) não pôde fazer suas atividades dentro da academia e recorreu ao método antigo de camp denominado por ele como "treino medieval" para se preparar para a sua próxima apresentação.

Durante o media day hoje, o brasileiro, que no sábado (25) encara Peter Sobotta, no quarto evento realizado na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi (EAU), deu detalhes desse método de treinos e analisou os cuidados que seu time tomou para evitar qualquer contaminação durante o camp.

"Fizemos um camp à moda antiga, medieval. Mas meu mestre escolheu as pessoas certas para que eu não pudesse ter contato e manter a tranquilidade para treinar. Mas existe sempre a preocupação, né?! Passamos por aeroportos, hotel e ficamos com um pouco de receio. Tudo podia acontecer", disse o brasileiro, antes de dar mais detalhes do "treino medieval" e o que ele precisou fazer.

"Comecei treinando mais ou menos assim, mas depois que entrei na academia, mudei. Mas peguei um pouco desse treino medieval. O treino medieval é aquilo que não fazemos na academia, que é levantar pneu, carregar rocha, furar buraco, empurrar carro, levantar parceiros de treinos nas costas", disse.

No Ultimate desde 2015, Alex 'Cowboy' possui dez vitórias e seis derrotas no UFC, além de um 'No Contest' (luta sem resultado). A sua última apresentação aconteceu em março deste ano, quando encerrou a sequência de três derrotas ao superar Max Griffin, por decisão dividida dos jurados.

MMA