PUBLICIDADE
Topo

MMA


Demitidos? UFC retira o nome de três lutadores brasileiros do seu site

Dana White, presidente do UFC - Ethan Miller/Getty Images
Dana White, presidente do UFC Imagem: Ethan Miller/Getty Images

Ag. Fight

20/03/2020 13h58

Apesar de ter cancelado a realização de seus próximos três eventos, marcados originalmente para março e início de abril, o UFC não para de se movimentar nos bastidores. Recentemente, a organização retirou da parte de seu site que expõe os lutadores de seu plantel o nome de três atletas brasileiros. Normalmente, essa prática pode significar desde uma dispensa, o fim e consequente não renovação do contrato, ou até mesmo uma suspensão temporária do acordo em razão de uma falha em exame antidoping.

Independentemente da razão, os nomes de Marcos 'Dhalsim' Mariano, Talita Bernardo e Isabela de Pádua não se encontram mais expostos como membros do plantel do Ultimate em seu site. O peso-leve (70 kg), que estreou na organização em fevereiro de 2019, somou duas derrotas e nenhuma vitória em sua trajetória pelo UFC.

Já Talita Bernardo conseguiu apenas um triunfo em suas quatro apresentações no octógono do Ultimate. Em sua última luta, a lutadora foi nocauteada por Viviane Araújo em maio do ano passado.

Por sua vez, Isabela de Pádua estreou na entidade no UFC São Paulo, realizado em novembro de 2019, ao ser chamada de última hora para encarar Ariane Lipski. Apesar de se apresentar 2 kg acima do limite da categoria peso-mosca (57 kg), 'Belinha' conseguiu chegar a um acordo para a realização do combate, mas acabou derrotada pela compatriota na decisão dos juízes.

Em fevereiro deste ano, a atleta foi suspensa por dois anos pela USADA (agência americana antidoping) após falhar em dois exames realizados pela entidade. O primeiro realizado no dia de sua estreia no UFC e o segundo, fora de competição, feito um mês depois.

MMA