PUBLICIDADE
Topo

MMA


Conor McGregor nega acusações de abuso sexual: "O tempo vai revelar tudo"

Conor McGregor - Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Conor McGregor Imagem: Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

13/01/2020 18h11

Às vésperas de sua luta contra Donald Cerrone no UFC 246, no próximo dia 18, que marca seu retorno após mais de um ano afastado dos octógonos, Conor McGregor ainda tem que responder sobre as acusações de abuso sexual pelas quais responde na Irlanda.

Em entrevista à emissora americana 'ESPN', o irlandês demonstrou incômodo ao comentar sobre o assunto e afirmou que prefere focar nas coisas boas em sua vida no momento.

Os dois casos, que envolvem pessoas diferentes, foram divulgados pelo jornal The New York Times, em março e outubro de 2019, em um momento no qual McGregor parecia viver um inferno astral, e só aparecia nas notícias com polêmicas e incidentes desagradáveis.

Desde o fim do ano passado, o ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC tem adotado uma postura menos confrontadora do que no passado, e inclusive já admitiu arrependimento por alguns de seus atos.

"Olhe, apenas não. Não posso dizer nada sobre isso (casos de abuso sexual). Apenas tem que se resolver. (...) Tempo. Paciência. Paciência é uma habilidade que devemos dominar. Paciência é a habilidade mais difícil de se dominar, e eu estou trabalhando duro para dominá-la. Então, o tempo vai mostrar tudo. É isso", declarou McGregor, antes de completar.

"No momento, estou focado no cinturão, focado em positividade e bons pensamentos. E eu vou rezar por aqueles tentando me fazer mal com esse tipo de coisa. Sim, claro (eu nego as acusações). É claro. Tempo, por favor. O tempo vai revelar tudo. O tempo vai contar tudo. É isso", concluiu o irlandês.

Conor McGregor encara Donald 'Cowboy' Cerrone na luta principal do UFC 246, marcado para o próximo sábado, em Las Vegas (EUA).

O combate, válido pelos meio-médios (77 kg), serve também para o irlandês se posicionar tanto nesta categoria como no peso-leve (70 kg) para agendar suas próximas pelejas.

A última apresentação de "Notorious" ocorreu em outubro de 2018, quando foi derrotado por Khabib Nurmagomedov por finalização, em duelo pelo cinturão até 70 kg.

MMA