PUBLICIDADE
Topo

MMA


Dana exalta história de McGregor para justificar possível "furada de fila"

Conor McGregor carrega a bandeira da Irlanda nos ombros - Steve Marcus/Reuters
Conor McGregor carrega a bandeira da Irlanda nos ombros Imagem: Steve Marcus/Reuters

Ag. Fight

13/12/2019 10h16

A declaração de Dana White afirmando que Conor McGregor já poderia disputar o cinturão do peso-leve, caso derrote Donald Cerrone, em janeiro de 2020, deixou Justin Gaethje furioso. O americano, que vem de três vitórias seguidas, esperava ter essa oportunidade. Em entrevista à 'ESPN', na última quinta-feira (12), o mandatário da organização explicou seus motivos por colocar o irlandês na frente dos demais atletas da divisão.

Conor McGregor tem atraído uma atenção especial do público, com declarações polêmicas, mas também com apresentações marcantes dentro do octógono. Em um espaço de menos de um ano, entre 2015 e 2016, ele conseguiu o título do peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg), sendo campeão, simultaneamente, de ambas as categorias.

"Veja o que Conor fez nos últimos anos. Então ele perde para Khabib (Nurmagomedov), em uma luta que foi —quando você fala sobre hostilidade— é como o próximo nível de hostilidade. Gaethje também estava subindo. Também oferecemos muitas lutas que Gaethje não aceitou. Então, Conor está na fila a seguir para uma luta (por título) se ele vencer 'Cowboy'", disse, emendando sobre os planos do irlandês após retornar às competições.

"Conor quer lutar três vezes este ano (2020) e espera que, se vencer o 'Cowboy', ele lute com Khabib. Mas esse timing e matemática não vão dar certo. Mas você conhece o Conor. Ele pensa da sua maneira. A coisa dele é: 'Eu vou lutar contra 'Cowboy', eu vencerei e estarei pronto para lutar com Khabib no peso-leve'. Porque nós estamos indo para Khabib-Tony novamente. Então, na mente de Conor, ele estaria pronto para essa luta", completou.

Sem lutar desde que foi superado por Khabib Nurmagomedov, Conor McGregor tem sua volta confirmada no Ultimate para o dia 18 de janeiro, quando encara Donald Cerrone, na edição 246 do show, que acontece em Las Vegas (EUA).

MMA