PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Galvão exalta feitos de LeBron, Nadal e Hamilton: 'Mitos do esporte'

Galvão Bueno exalta feitos de Lebron James, Rafael Nadal e Lewis Hamilton - Reprodução/Instagram
Galvão Bueno exalta feitos de Lebron James, Rafael Nadal e Lewis Hamilton Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/10/2020 18h05

Principal narrador do Grupo Globo, Galvão Bueno destacou os feitos "emblemáticos" de LeBron James, Rafael Nadal e Lewis Hamilton, ontem, em seus respectivos esportes. Ao lado de uma réplica da McLaren de Ayrton Senna, o locutor exaltou os "três novos mitos do esporte", assim como suas respectivas posturas após os triunfos.

Na manhã de ontem (horário de Brasília), Hamilton igualou o número de vitórias do heptacampeão Michael Schumacher (91) ao vencer o Grande Prêmio de Eifel de Fórmula 1. Honrado por repetir do feito do alemão do circuito de Nurburgring (ALE), o britânico subiu ao pódio com um capacete de Schumacher.

Rafael Nadal chegou a 20 títulos de Grand Slams ao conquistar seu 13º título de Roland Garros (FRA) e igualou o número de taças do suíço Roger Federer nos principais torneios de tênis. Os dois agora dividem o posto de maiores vencedores de slam da história do tênis masculino.

Astro do Los Angeles Lackers, LeBron James chegou, ontem, a quatro títulos da NBA (liga de basquete americano) após vitória sobre o Miami Heat. Meses após a morte do ex-jogador Kobe Bryant, o Lackers venceu a série por 4 a 2. Um dos maiores jogadores da história do esporte, LeBron levou o prêmio de MVP (Most Valuable Player - Jogador Mais Valioso) das finais.

"Bem, Amigos! Eu escolhi a McLaren de Ayton Senna como cenário porque Senna é um dos semideuses do esporte, porque esse domingo, olha, nos meus 46 anos de estrada de trabalho, mais de 60 anos acompanhando esporte, talvez nunca tenha visto um domingo com três conquistas tão emblemáticas. Três esportes diferentes, em três países diferentes e três grandes personagens, três novos mitos do esporte", iniciou Galvão em vídeo publicado em seu Instagram.

"A vitória do Lackers fechando a NBA, com o LeBron James se destacando mais uma vez, conquistando o título de melhor jogador das finais. Ele soma títulos e títulos e títulos, mas, na hora da conquista, se lembrou de falar de Kobe Bryant, o ídolo dele. Rafael Nadal, 13 vitórias em Roland Garros, quem poderia imaginar? Mas, no momento de maior glória, ele se lembra de falar de Federer, porque ele atingiu a marca de Federer, com 20 conquistas de Grand Slams", seguiu o narrador.

"Lewis Hamilton, 91 vitórias, como Schumacher, e quis o destino que fosse na Alemanha. No momento de maior glória de Lewis Hamilton, com o capacete de Schumacher nas mãos, ele se lembrou do alemão e disse da honra que estava sentindo por igualar as marcar de Schumacher. Isso é o esporte. O esporte é uma lição de vida. Sabe o que eu entendi? Que eles disseram assim: Eu não sou a história, eu faço parte da história", concluiu.

UOL Esporte vê TV