PUBLICIDADE
Topo

Globo libera, e Neto exibe reportagem sobre título do Corinthians na Band

Band reexibiu matéria da Globo sobre título do Corinthians - Reprodução/Band
Band reexibiu matéria da Globo sobre título do Corinthians Imagem: Reprodução/Band

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

06/07/2020 14h49

De forma curiosa e deixando claro que existe uma aproximação cada vez maior entre as duas emissoras, a Globo cedeu para a Band a reportagem que realizou para o "Esporte Espetacular" sobre os 30 anos do Campeonato Brasileiro de 1990, o primeiro título nacional do Corinthians. O material produzido pelo repórter Felipe Diniz e pelo produtor Maurício Oliveira foi ao ar na edição de ontem (5) do programa esportivo apresentado por Lucas Gutierrez e Bárbara Coelho.

A reportagem foi reexibida hoje (6) no programa "Os Donos da Bola", apresentado pelo ex-jogador Neto na Band. O ídolo corintiano, como se sabe, foi o destaque da campanha daquele ano. Procurada pelo UOL Esporte, a emissora confirmou que a Globo cedeu a exibição da reportagem.

Logo após a exibição da reportagem em seu programa, Neto agradeceu principalmente a Antônio Zimmerle, atual diretor de programação e produção da Band, que trabalhou por 38 anos na Globo. O profissional ajudou na liberação da reportagem da Globo.

A reportagem apurou que a iniciativa foi uma gentileza da Globo, já que a Band liberou nomes como Ronaldo Giovanneli, hoje comentarista da emissora, para a matéria. A entrevista com o ex-goleiro do Corinthians foi feita nas dependências da Band, no bairro do Morumbi, em São Paulo.

Recentemente, também em ato de gentileza, a Globo liberou Galvão Bueno, Cléber Machado e nomes do Sportv, como Everaldo Marques, para o especial feito pela emissora em homenagem ao narrador Luciano do Valle, exibido ontem pela Band.

Nos bastidores, a liberação de nomes e a boa relação entre Globo e Band são vistas como uma aproximação ainda maior entre as emissoras para o futuro, o que pode ter desdobramentos para o setor esportivo. A Band sempre deixou claro que quer retornar ao futebol brasileiro, sublicenciando eventos nacionais com a Globo.

Um dos impeditivos é uma dívida sobre licenciamento de eventos entre 2014 e 2016, incluindo valores da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. A última parcela seria paga pela Band à Globo no último mês de abril, mas por conta da pandemia do novo coronavírus, esse último pagamento foi adiado.

UOL Esporte vê TV