PUBLICIDADE
Topo

ESPN e Fox Sports lideram audiência esportiva em 29 dos 30 dias de junho

Primeira transmissão da Bundesliga na ESPN em meio à pandemia da covid-19 foi feita de maneira remota - Reprodução
Primeira transmissão da Bundesliga na ESPN em meio à pandemia da covid-19 foi feita de maneira remota Imagem: Reprodução

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

06/07/2020 10h05

No segundo mês desde que passaram a fazer parte do mesmo grupo, ESPN e Fox Sports conseguiram índices respeitáveis em junho. Com a fusão aprovada pelo Cade no início de maio, os canais da Disney lideraram a audiência na categoria esportiva em 29 dos 30 dias de junho, o que representa 97% do mês.

Considerando todos os canais da ESPN e do Fox Sports, o grupo cresceu 57% entre homens 18 a 49 anos, grupo que é considerado o público-alvo dos esportivos, e ampliou o número de pessoas atingidas em 43% nos dados comparativos com o mês de maio. No ranking geral de Ibope da TV paga, as emissoras subiram mais vinte posições cada.

A união entre ESPN e Fox Sports permitiu o compartilhamento dos direitos de transmissão e estendeu a programação de eventos nos dois canais. Desde maio, os canais passaram a dividir exibições de cinco campeonatos de futebol europeu, com destaque para o Campeonato Inglês e o Campeonato Espanhol.

Desde que a fusão foi aprovada e o futebol europeu foi retomado após a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus, alguns eventos chamaram a atenção pelos altos índices de audiência registrados. O empate entre Liverpool e Everton, em clássico da terra dos Beatles, foi a quarta partida mais assistida da Premier League na ESPN Brasil em 2020.

A vitória do Real Madrid sobre a Real Sociedad foi o segundo jogo de maior audiência da temporada espanhola exibida pela ESPN. Enquanto isso, no Fox Sports, o triunfo do Bayern de Munique sobre o Borussia Dortmund, ainda no mês de maio, registrou a maior audiência do futebol alemão desde que o campeonato passou a ser exibido no canal.

Somando o portfólio de direitos esportivos de ESPN e Fox Sports, mais de 40 campeonatos das mais diversas modalidades fazem parte do grupo Disney, o que deve garantir novos índices de alta audiência para os dois canais durante os próximos meses. Em julho, por exemplo, deve acontecer a retomada da NBA, a liga americana de basquete.

Os índices da reportagem são do PNT (Painel Nacional de Televisão), referentes às 15 principais metrópoles do Brasil que possuem medição do Ibope.

UOL Esporte vê TV