PUBLICIDADE
Topo

Macris tem entorse confirmada; exames descartam ruptura de ligamentos

Macris deixa quadra em uma cadeira de rodas após torção durante o duelo do Brasil com o Japão, pelo vôlei feminino, nos Jogos Olímpicos de Tóquio - Toru Hanai/Getty Images
Macris deixa quadra em uma cadeira de rodas após torção durante o duelo do Brasil com o Japão, pelo vôlei feminino, nos Jogos Olímpicos de Tóquio Imagem: Toru Hanai/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/07/2021 00h52

A Confederação Brasileira de Vôlei emitiu uma nota sobre os resultados dos exames da levantadora Macris. Após a avaliação médica, a atleta teve confirmada uma entorse no tornozelo direito.

"A levantadora Macris passou por uma ressonância na manhã desta sexta-feira em Tóquio, no Japão. Segundo o médico da seleção feminina, Júlio Nardelli, o exame confirmou uma entorse no tornozelo direito", diz o começo do comunicado.

A brasileira já iniciou um trabalho de fisioterapia, e espera-se que ela possa voltar às quadras na competição, já que a jogadora não teve nenhum problema de fratura, ou ligamentos. Ela será avaliada diariamente.

O próximo desafio das comandadas de Zé Roberto Guimarães será diante da Sérvia, pela quarta rodada. O jogo está marcado para o próximo sábado (31), às 4h25 (de Brasília)

A lesão

O lance aconteceu na parte final da vitória do Brasil sobre o Japão. Após um salto na região da rede, a jogadora caiu com o pé direito de lado e forçou o tornozelo no chão.

Chorando, ela precisou sair carregada da quadra rumo ao banco de reservas para receber atendimento na área machucada.