PUBLICIDADE
Topo

Médica e atual campeã, argentina dá adeus às Olimpíadas na repescagem

Argentina Paula Pareto, de branco, em luta contra a sul-africana Geronay Whitebooi - Sergio Perez/AFP
Argentina Paula Pareto, de branco, em luta contra a sul-africana Geronay Whitebooi Imagem: Sergio Perez/AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/07/2021 05h49

Campeã da categoria até 48kg nas Olimpíadas do Rio, Paula Pareto foi eliminada da disputa de Tóquio ao perder para a portuguesa Catarina Costa na repescagem. A luta foi decidida por um wasari da lusitana, que agora sonha com o bronze.

Final amargo para a atual campeã, mas a argentina tem um lado fora do tatame que merece destaque. Ortopedista, a judoca trabalha com traumas e concilia a carreira brilhante no judô com a medicina. Em 2016, quando foi campeã olímpica, sua preparação foi em meio aos estudos na universidade. E deu mais do que certo!

Em 2020, mesmo sem estar na linha de frente, Pareto fez questão de trabalhar com a Covid-19 em uma pequena cidade perto de Buenos Aires na época mais crítica da pandemia. Ídolo do esporte argentino, a judoca é ainda mais respeitada pelo trabalho que também exerce fora do tatame.

Aos 35 anos, Pareto tem duas medalhas olímpicas, além do ouro no Rio, foi bronze em Londres.