PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro Cezar: Atuação do Gabigol foi ótima e foi uma sacada do Paulo Sousa

Do UOL, em São Paulo

23/05/2022 15h58

Classificação e Jogos

O técnico Paulo Sousa já recebeu diversas críticas desde que assumiu o Flamengo devido às experiências com diferentes jogadores, mas depois de uma semana conturbada, com uma crise interna envolvendo o goleiro Diego Alves, o treinador não se privou de experimentar na escalação e mandou o time a campo com uma formação mais ofensiva, usando Gabigol como um meio-campista.

No podcast Posse de Bola #230, Mauro Cezar Pereira afirma que é preciso relevar a reação de parte da torcida e avalia que a experiência com Gabigol mais recuado foi boa e pode ser apontada como uma boa sacada do treinador português.

"Você pega por exemplo, a atuação do Gabigol foi ótima, foi uma sacada do Paulo Sousa. Foi um dos jogos desde que chegou ao Flamengo em que ele mais tocou na bola, ele errou um passe, 97,5% de acerto nos passes e passes difíceis, não foram passes para o lado. Vários passes buscando os companheiros em condições de dar sequência à jogada, o gol só sai por conta do ótimo passe que ele dá para o Matheuzinho, em um raro momento em que o Goiás saiu", analisa.

O colunista do UOL lembra que o Goiás impôs dificuldades jogando fechado contra Atlético-MG e Palmeiras, dois apontados ao lado do Flamengo entre os principais favoritos do Brasileirão e o Flamengo conseguiu a vitória em uma semana difícil. Ele também rebate as reclamações pelo fato de o técnico ter encerrado a partida usando quatro volantes.

"Uma piada isso, o cara jogou com um volante e conseguiu reunir o Everton Ribeiro jogando mais recuado, o Gabigol como meio-campista, o melhor em campo. O Arrascaeta jogou, o Bruno Henrique jogou, o Pedro jogou, todo mundo jogou. O técnico colocou um time ultraofensivo e aí os malucos reclamam que terminou com quatro volantes", diz Mauro Cezar.

"Não basta vencer, tem que vencer e procurar jogar bem, mas há contextos que não podem ser ignorados, eu seria um completo maluco se ignorasse isso. O Flamengo teve uma semana de crise, uma crise absurda, gratuita, tendo como pivô um terceiro goleiro. (?) Em um outro cenário, com o Flamengo mais em paz, jogando, mais bem colocado no campeonato, eu acho que aí o comportamento deve ser outro. Nessa semana muito confusa, eu entendo, embora o Flamengo tenha que jogar mais. Claro que Paulo Sousa tem que fazer o time jogar mais, mas foi uma semana de sobrevivência", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol