PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Posse de Bola #230: Corinthians ou São Paulo, quem foi melhor? Palmeiras cresce e crise no Flamengo

Do UOL, em São Paulo

23/05/2022 10h58

Corinthians e São Paulo empataram em 1 a 1 ontem (22) clássico Majestoso pelo Brasileirão, na Neo Química Arena, em jogo no qual o time comandado por Rogério Ceni saiu na frente e teve oportunidades para encerrar a marca de jamais ter vencido no estádio rival, mas esbarrou no goleiro Cássio e na melhora do time de Vítor Pereira no segundo tempo.

No podcast Posse de Bola #230, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam o clássico, o estágio atual dos times de Corinthians e São Paulo, além do panorama no Brasileirão, que tem os dois clubes e mais o Palmeiras como os três primeiros colocados, enquanto o Flamengo se recupera de uma crise interna.

Juca Kfouri aponta em relação ao Corinthians a forma como o técnico Vítor Pereira altera o time do primeiro para o segundo tempo, lembrando um pouco o que fazia Tite no comando do clube alvinegro, além de apontar que o São Paulo demorou a voltar do intervalo justamente para Rogério Ceni responder às mudanças, o que não funcionou.

"O Rogério é muito esperto, ele esperou o Corinthians voltar para ver as substituições do Corinthians, tanto que o São Paulo ficou 17 minutos no intervalo, e voltou já com o que ele supôs ser o antídoto para as mudanças que fez o Vítor Pereira, que tem um mérito parecido com o do Tite, o Corinthians tem jogado melhor o segundo tempo do que o primeiro, ele muda o Corinthians no segundo tempo", diz Juca.

"Alguém poderá dizer que ele corrige os erros do primeiro, mas isso é uma questão subjetiva. Ele buscou uma coisa no primeiro tempo, não obteve, o Corinthians foi amassado pelo São Paulo no primeiro tempo, o placar justo no primeiro tempo era 3 a 0 ou no mínimo 2 a 0 para o São Paulo, e depois, no segundo, o Corinthians teve mais volume, não causou tantos problemas como o São Paulo havia causado, mas acabou achando um belíssimo gol de empate", completa.

O colunista do UOL considera que para o Corinthians o resultado foi positivo pela manutenção da liderança e da invencibilidade em casa contra o São Paulo, enquanto pelo lado tricolor o ponto fora de casa é valoroso pensando no Campeonato Brasileiro.

"Foi um belo Majestoso, o Corinthians manteve a sua invencibilidade, manteve a sua liderança. De novo não jogou um futebol que agrade, mas foi aquela coisa, para o corintiano a demonstração de garra, de vontade, coisa que no primeiro tempo o São Paulo mostrou muito mais, o São Paulo não deixou o Corinthians jogar, estava muito mais concentrado no jogo, com um sistema de marcação impressionante", diz Juca.

"Diante dos acertos do Vítor Pereira e dos eventuais erros do Rogério no segundo tempo, pode-se dizer que acabou sendo justo, eu acho que não foi justo porque o São Paulo foi muito melhor no primeiro tempo do que foi o Corinthians, que foi superior no segundo, mas a diferença não foi tão grande. Empatar com o Corinthians em Itaquera não chega a ser um mau resultado. É claro que pelas circunstâncias dessa escrita, ficou um sabor de derrota para o São Paulo e de vitória para o Corinthians, mas pensando no campeonato, um ponto em Itaquera não é de se jogar fora", conclui.

O programa também analisa o Flamengo, que voltou a vencer na partida diante do Goiás após semana com crise interna, o Fluminense de Fernando Diniz vencendo com menos posse de bola, o Palmeiras mais próximo na briga pela liderança e o título do Manchester City na Premier League.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.