PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Marilia Ruiz: Não têm lastro as convocações de Daniel Alves e Coutinho

Do UOL, em São Paulo

14/01/2022 16h39

O técnico Tite anunciou ontem (13) a convocação da seleção brasileira para os próximos dois jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, no dia 27, contra o Equador, e no dia 1º contra o Paraguai, com Daniel Alves e Philippe Coutinho entre os chamados, o que rendeu críticas ao treinador.

No podcast Posse de Bola #193, Marília Ruiz afirma que não vê justificativa para as escolhas dos dois jogadores, ao mesmo tempo em que não é algo que surpreenda, considerando o perfil do técnico Tite.

Ouça também o boletim do Posse com Arnaldo e Tironi; exclusivo na Apple Podcasts

"No caso do Philippe Coutinho e do Daniel Alves, são escolhas pessoais, que não têm nenhuma justificativa no mundo real esportivo, não tem lastro para a convocação nem do Daniel Alves e nem do Philippe Coutinho", diz Marília.

"O lastro do Daniel Alves é de 2019, o do Philippe Coutinho eu nem sei, acho que é de antes de 2018, então fica na conta da Família Tite, de ele levar jogadores que ele acredita que podem render para ele o que já renderam antes, o que é bastante criticável, mas entendível é, é a cara do Tite essa seleção", completa.

A jornalista também afirma que a lista de Tite mostra que não deverá haver espaço para nenhuma surpresa entre os que serão convocados para a Copa do Mundo, considerando o número de jogadores chamados e as posições.

"A gente fica tentando tirar da cabeça do Tite o que a gente gostaria de colocar lá dentro, o Tite e um cara muito claro, ele não deixa entrelinhas e nem reticências. Estudando a lista que ele convocou ontem, os 26, fica bastante claro que alguns deixaram de fazer parte da lista dele e alguns ele vai dar uma última chance", diz Marília.

"Ele extrapolou na lista de meias, convocou oito meias e ele vai levar seis para a Copa e sete atacantes, sendo que tem que tirar dois da lista de meias e dois da lista de atacantes porque o Neymar não foi convocado. Então não tem surpresinha, não tem aquele jogador do momento quer vai fazer a melhor temporada do ano e que vai ser convocado", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol