PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Após 'dever de casa', Flu busca superar obstáculos fora por Libertadores

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

25/11/2021 04h00

O Fluminense, mesmo com o elenco à prova, soube fazer o dever de casa. Agora, tem o desafio de melhorar o rendimento fora de casa para se manter ainda mais firme na luta por uma vaga no primeiro pelotão do Campeonato Brasileiro e, consequentemente, na próxima edição da Libertadores.

As vitórias contra América-MG e Internacional, concorrentes diretos na competição, foram de extrema importância. No Maracanã, a equipe mostrou comunhão com a torcida, conquistou os seis pontos e engrenou, encostando no G6 na reta final do torneio.

No caso do duelo com o Colorado, ainda houve o obstáculo pelo número de desfalques, que obrigou Marcão a fazer mudanças no time titular e, até certo ponto, improvisar, como foi o caso de Calegari como volante —ele atuava na posição na base, mas, no profissional, vinha sendo lateral-direito.

Agora, porém, o time das Laranjeiras terá de encarar um outro cenário dentro do Brasileiro. O Fluminense não vem conseguindo resultados positivos fora de casa e nas últimas quatro partidas como visitante foram quatro derrotas e nem sequer um gol marcado —2 a 0 para o Santos, 1 a 0 para o Ceará, 1 a 0 para o Grêmio e 1 a 0 para o Juventude.

Agora, o Tricolor faz as malas, e nas duas próximas rodadas, encara Atlético-MG e Bahia. Os dois times ainda têm objetivos no Brasileiro, o que torna o duelo mais complicado. O Galo quer dar mais um passo para assegurar o título do torneio, enquanto o Tricolor baiano luta para fugir do rebaixamento.

No geral, foram 17 jogos, com quatro vitórias, quatro empates e nove derrotas, obtendo um aproveitamento de apenas 31.37%.

"Vamos tentar mobilizar como se fosse jogo em casa. Vamos pegar um Mineirão lotado, a equipe do Atlético-MG lutando por título, mas vamos para fazer o nosso melhor jogo, para trazer pontos importantes. A entrega tem de ser a mesma que estamos tendo em casa. Realmente, a nossa torcida, o fator casa, tem feito a diferença a nosso favor. Essas duas vitórias deram confiança para buscarmos pontos fora", disse Marcão.

"Durante essa semana, perdemos peças importantes. Não poderia deixar de enaltecer a nossa comissão técnica, analistas de desempenho que trabalharam para caramba", completou.

Para o confronto com o Colorado, o Flu não contou com o zagueiro Nino, com uma lesão na coxa esquerda, com o volante André, suspenso, com o volante Martinelli, também com um problema na coxa esquerda, com Gabriel Teixeira, que está em período de transição após problema muscular, e com John Kennedy, que apresentou um incômodo na coxa. Além disso, Nonato não estava à disposição por estar emprestado pelo Internacional.

Fluminense