PUBLICIDADE
Topo

Santos

Maurício Barros: 'Gostei bastante da mudança de atitude do Marinho'

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

11/10/2021 04h00

A vitória do Santos sobre o Grêmio, ontem (10), na Vila Belmiro, foi considerada de extrema importância pelo fato de ter tirado o time da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Na Live do Santos UOL, que acontece após as partidas do Peixe, os jornalistas Gabriela Brino e Maurício Barros analisaram a atuação da equipe do técnico Carille e, além de Wagner Leonardo, que se tornou o herói do jogo ao fazer o gol que garantiu o triunfo, apontaram outros personagens do jogo.

Maurício Barros indicou Marinho como destaque do duelo, apontando uma mudança de postura e salientando o peso dele no elenco santista.

"Eu gostei bastante, porque é uma figura absolutamente fundamental, e o Santos precisa muito dele. Gostei da mudança de atitude do Marinho. Um jogo mais coletivo, assumindo... Não ficando totalmente isolado lá do lado esquerdo, desinteressado, como achei que estava contra o São Paulo. Hoje, demonstrou interesse pelo jogo, e é um cara que fez a diferença", disse.

Gabriel Brino concordou com o companheiro de bancada sobre o camisa 11, e também fez elogios ao volante Camacho.

"Essa do Marinho vale dizer, realmente. Hoje foi um jogo diferente para o Marinho. Não foi um baita destaque, conseguiu ajudar do que jeito que pôde, mas foi um jogo diferente e deu para sentir isso na postura. Para mim, o Camacho foi o destaque. Ele comandou o meio de campo, conseguiu distribuir, organizar, roubar muita bola, deu trabalho ao pessoal. O Camacho fez tudo no meio de campo. Mas posso pontuar também o João Paulo milagreiro, que salvou o Santos algumas vezes. Se não fosse ele, acho que essa vitória poderia não ter vindo".

A setorista do Santos no UOL Esporte também enalteceu a atuação de Zanocelo, reforço que chegou à Vila Belmiro em junho, e afirmou que, caso estivesse à frente do time, daria uma sequência ao volante.

"O Zanocelo me surpreendeu nestes dois últimos jogos [contra São Paulo e Grêmio]. Não sei se foi por causa do papo com o Carille, se o Carille que passou essa confiança. Ele estava esperando essa oportunidade também. Chegou com uma pinta de titular absurda quando chegou como o reforço e não teve oportunidade com o Diniz. Então, acho que estava com essa sede de jogo há bastante tempo, e me surpreendeu esses dois jogos com o Carille. Acho essa sequência válida. Não tiraria do time agora, e acho que pode render muito. Agora que está tendo chance, ritmo, físico 100%, acho que não é um cara para tirar agora. Daria essa sequência".

Barros corroborou que o meio de campo do Peixe fez uma boa partida, e voltou a citar os nomes dos jogadores mais experientes do time, como Marinho e Sánchez.

"Camacho, Zanocelo e Sánchez dominaram o meio de campo, dominaram Thiago Santos e Lucas Silva. Os três nomes mais importantes do Grêmio, Douglas Costa, Diego Souza e Rafinha não fizeram nada, foram amplamente dominados, enquanto os nomes mais importantes do Santos, daqueles que mais se esperam, estiveram presentes: Carlos Sanchéz e Marinho. Eles apareceram, mostraram interesse. Realmente, eles não estão no melhor da sua forma, ambos, mas o que faltou no jogo contra o São Paulo foi justamente esse interesse, essa vontade, e aparecer. Não importa, não está na melhor fase, ok? Mas vai tentar com vontade, raça, e o Santos, o tempo todo, teve mais interesse na vitória".

A próxima edição da Live do Santos UOL será na quarta-feira (13), logo após a partida contra o Atlético-MG, pelo Brasileiro. Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Santos no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

Santos