PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Botafogo evolui, ganha confiança e se livra de má fase com troca de técnico

Marco Antônio abriu o placar para o Botafogo na vitória sobre o CSA - EDUARDO VALENTE/ESTADÃO CONTEÚDO
Marco Antônio abriu o placar para o Botafogo na vitória sobre o CSA Imagem: EDUARDO VALENTE/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/07/2021 04h00

Classificação e Jogos

Pouco antes de o Botafogo anunciar a chegada do técnico Enderson Moreira, no último dia 20, o goleiro Diego Loureiro associou a chegada de um novo treinador à melhora da equipe dentro da Série B do Brasileiro. Apenas dois jogos depois, fica claro que os ânimos do Glorioso foram renovados.

Enderson estreou na vitória fora de casa por 1 a 0 sobre o Confiança e foi expulso. Então, Luís Fernando Flores, seu auxiliar, ajudou o time a ganhar do CSA por 2 a 0. Duas vitórias seguidas é algo que o Bota só havia conseguido no início da Série B, entre a segunda e terceira rodada.

Em campo, a melhora na aplicação tática é algo a se destacar. Os jogadores sabem onde é preciso estar e o que é necessário para anular o rival, tanto que a defesa não foi vazada nesses dois triunfos. Mais do que isso, a maré de azar parece estar em baixa no General Severiano.

"Estava difícil para nós, chegávamos e tinha chance, mas não fazia. O time adversário ia lá e, em uma bola, fazia o gol e ai começávamos a remar pelo resultado. Parabéns ao trabalho que vem sendo feito", contou o atacante Diego Gonçalves, ao Premiere, na saída do gramado após bater o CSA.

Enquanto a equipe perdia muitas chances até conseguir tirar o 0 do placar anteriormente, na última terça (26), conseguiu balançar as redes na primeira grande oportunidade. Melhor do que isso, ampliou o marcador pouco depois e soube segurar o rival. Segundo o auxiliar Luís Fernando, um time mais confiante rende melhor.

"Quando o resultado não vem, o jogador fica inibido, com medo de fazer alguma jogada. A eficiência vem através do momento que as coisas começam a acontecer. Futebol é determinação, confiança. Eles sabem jogar e os resultados vão trazer isso. A partir que os gols saem é claro que vai passar a ser mais eficiente, pois temos jogadores de qualidade", apontou em coletiva.

Os resultados também alavancaram o time na classificação e deixaram vivo o sonho do acesso. Há uma semana, a distância para o Goiás, quarto colocado, era de 10 pontos. Agora, apenas quatro pontos separam o Botafogo, na 11ª colocação com 19, do Esmeraldino. Mas o momento ainda é de cautela. Luís Fernando não esconde que ainda é preciso evoluir muito para chegar na grande meta do alvinegro.

"Toda equipe tem que saber sofrer, durante os 90 minutos, o jogo muda. O importante é ter equilíbrio e ter postura, organização. Assim fica mais difícil de tomar gol. Sabemos que ainda falta muito, temos muito a melhorar", concluiu.

Botafogo