PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Em duas finais, Palmeiras chega leve para dérbi após dois anos de pressão

Palmerias vem de vitória contra o Corinthians e tem "paz" para jogar Dérbi - Marcello Zambrana/AGIF
Palmerias vem de vitória contra o Corinthians e tem 'paz' para jogar Dérbi Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Thiago Tassi

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/01/2021 04h00

Classificação e Jogos

Um Dérbi sempre será um Dérbi. Mas o Palmeiras chega leve para o duelo contra o Corinthians, hoje (18), de uma forma como não se via há dois anos. Finalista da Copa do Brasil e da Libertadores, o Alviverde se desdobra na disputa do Campeonato Brasileiro, e faz o confronto atrasado da 28ª rodada, com o arquirrival, no Allianz Parque, às 19h.

Diferentemente de 2019, ou até mesmo do começo da temporada de 2020, o Verdão não chega pressionado a dar uma resposta diante do Alvinegro pela primeira vez após dois anos. Além do momento atual e a chance de conquistar dois títulos nas Copas, a vitória do primeiro turno, na Neo Química Arena, de forma convincente, também traz paz ao elenco na prévia do clássico desta segunda-feira.

Atualmente, seis pontos separam os rivais na tabela do Brasileirão. O Palmeiras tem 48 pontos, na sexta colocação, enquanto o Alvinegro, em nono, soma 42.

Antes do 2 a 0, em setembro do ano passado (gols de Luiz Adriano e Gabriel Veron), o Alviverde teve de conviver com um jejum de dois anos sem vencer o rival. Neste período, a pressão foi enorme a cada Dérbi e havia muita cobrança para que o time ganhasse os clássicos — ou ao menos jogasse com a mesma intensidade que o rival aplicava em campo.

O momento de pressão por resultados no clássico aconteceu depois da vitória por 1 a 0, em setembro em 2018, no segundo turno do Brasileirão. Na partida, Deyverson foi às redes e armou uma confusão ao provocar o banco de reservas adversário.

O sentimento após aquela vitória, que embalou o Palmeiras para a conquista do título nacional, era de alívio, justamente por conta do retrospecto desfavorável (com peso para a perda do Paulistão de 2017).

Em 2019 e 2020, foram seis Dérbis. O Corinthians venceu duas vezes e houve outros quatro empates. Um deles, em agosto do ano passado, rendeu o título estadual ao Alviverde depois de 12 anos.

Ali, o torcedor palmeirense viveu um drama (Jô sofreu pênalti e converteu a cobrança, empatando o jogo, no último minuto) e viu de perto a possibilidade de novamente perder um título para o arquirrival no Allianz. Nas penalidades, o time de Vanderlei Luxemburgo levou a melhor.

Agora, porém, o momento é favorável. O Palmeiras venceu com autoridade no primeiro turno (quando também precisava dar uma resposta e ganhar), foi o responsável pela queda de Tiago Nunes e tem a chance de voltar a vencer a Libertadores — grande desejo recente do clube. Será a primeira vez depois de dois anos, portanto, que os jogadores entrarão menos tensos em um Dérbi.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X CORINTHIANS

Data: 18 de janeiro de 2021, segunda-feira
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e André da Silva Bitencourt (ambos do RS)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

PALMEIRAS
Weverton; Mayke, Luan, Alan Empereur, Matías Viña; Zé Rafael (Danilo), Raphael Veiga, Gabriel Menino; Rony, Gustavo Scarpa e Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira.

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Jemerson, Gil, Fábio Santos; Gabriel, Cantillo; Gustavo Silva, Cazares, Mateus Vital; Jô. Técnico: Vagner Mancini.

Palmeiras