PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Rony se ajoelha e faz manifestação antirracista em Libertad x Palmeiras

Rony presta homenagem para Webo, vítima de racismo na Champions - Transmissão/SBT
Rony presta homenagem para Webo, vítima de racismo na Champions Imagem: Transmissão/SBT

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/12/2020 21h59

Antes do apito inicial de Libertad e Palmeiras, no Estádio Dr. Nicolás Leoz, jogo de ida válido pelas quartas de final da Libertadores da América, o atacante Rony se ajoelhou durante o minuto de silêncio em respeito às vítimas do covid-19 e levantou o braço, manifestando-se contra o racismo.

A atitude do jogador brasileiro veio à tona após o acontecimento que marcou a partida entre PSG e Istanbul, na Liga dos Campeões.

O jogo no Parque dos Príncipes, na França, foi interrompido pouco antes dos 15 minutos do primeiro tempo. Os jogadores de PSG e Istanbul Basaksehir deixaram o campo após o quarto árbitro, Sebastien Coltescu, ser acusado de ser racista contra o ex-jogador camaronês Pierre Web, membro da comissão técnica do time turco.

De acordo com a tomada de decisão da Uefa, responsável pela organização da Liga dos Campeões, o jogo foi adiado e acontecerá amanhã, no Parque dos Príncipes, às 14h55, no horário de Brasília.

Palmeiras