PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Lucão chora após falha no Vasco e Castan frisa: "Precisamos melhorar"

Jovem goleiro Lucão, de 19 anos, chorou após falhar e foi consolado pelo companheiro de setor Fernando Miguel - Reprodução / Conmebol TV
Jovem goleiro Lucão, de 19 anos, chorou após falhar e foi consolado pelo companheiro de setor Fernando Miguel Imagem: Reprodução / Conmebol TV

Do UOL, no Rio de Janeiro

04/12/2020 00h06

Classificação e Jogos

Com apenas 19 anos, o goleiro Lucão viveu na pele a sensação de falhar como atleta profissional do Vasco e deixou o campo chorando e consolado pelo companheiro Fernando Miguel e pelo preparador e ídolo do clube, Carlos Germano. Isto aconteceu no gol do Defensa y Justicia (ARG), na derrota de hoje (3) por 1 a 0 em São Januário, quando ele calculou errado uma bola que veio do alto, não efetuou a defesa, ela bateu no travessão e sobrou livre para Hachen abrir o placar.

Com o resultado, o Cruz-maltino foi eliminado da Copa Sul-Americana nas oitavas de final e perdeu a oportunidade de faturar uma premiação de US$ 600 mil (cerca de R$ 3,1 milhões). Agora, tem somente o Campeonato Brasileiro pela frente, onde está na zona de rebaixamento, na 17ª colocação.

Capitão da equipe, o zagueiro Leandro Castan admitiu o momento ruim, mas não quis fazer "caça às bruxas".

"A gente sabe que precisa melhorar muito. Não tá tudo bem. Não posso vir aqui e acusar A, B ou C, isso a gente faz no vestiário. Mesmo que perca 500 gols aqui eu vou defender, a cobrança vai ser lá dentro, não vou fazer show. Vamos fazer de tudo para dar a volta por cima na temporada", declarou à Conmebol TV.

*Mais informações em instantes

Vasco