PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Flamengo age rápido e confirma Rogério Ceni como novo técnico

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

10/11/2020 09h24

O Flamengo agiu de forma rápida no mercado da bola e anunciou Rogério Ceni como novo técnico. O ex-goleiro chega para substituir Domènec Torrent, demitido na tarde desta segunda-feira, após goleada sofrida para o Atlético-MG. O vínculo vai até o fim do ano que vem.

Ceni já comanda o treino de hoje (10), no CT Ninho do Urubu, e há a possibilidade de a estreia já acontecer amanhã (11), no duelo com o São Paulo, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

O agora comandante rubro-negro estava no Fortaleza e tinha contrato até o fim do ano. Em oportunidades anteriores, ele havia indicado vontade de terminar a temporada no Leão, mas viu na proposta do Fla um bom projeto e decidiu aceitar a transferência.

O clube da Gávea será o quarto na ainda curta carreira de Rogério como treinador. Ele começou no São Paulo, onde é uma dos grandes ídolos, e teve passagens distintas no Fortaleza e no Cruzeiro.

No Leão, conquistou a Série B de 2018, as edições do Campeonato Cearense de 2019 e 2020, e a Copa do Nordeste do ano passado, gravando o nome na história. Já no Cruzeiro, em 2019, com o clube em crise e lutando contra o rebaixamento, viveu um período conturbado e acabou ficando menos de dois meses.

Agora, chega com a missão de fazer o Flamengo reencontrar o bom desempenho que mostrou em 2019 e com chances de novas conquistas para o currículo. O Rubro-Negro está nas quartas de final da Copa do Brasil, oitavas de final da Libertadores e na terceira colocação do Campeonato Brasileiro.

Rogério Ceni conhece sua "nova casa" em dia de apresentação no Flamengo

Demissão de Dome

Domènec Torrent caiu após pouco mais de três meses de clube. Ele desembarcou na Gávea no fim de julho para substituir Jorge Jesus. O contrato entre as partes era válido até o fim do ano que vem.

Foram 24 jogos à frente da equipe rubro-negra, com 14 vitórias, quatro empates e seis derrotas. Neste período, o time fez 42 gols e sofreu 36. O adeus acontece depois de grande pressão diante de duas goleadas consecutivas no Brasileiro, 4 a 0 para o Galo e 4 a 1 para o São Paulo.

O começo no Flamengo foi cambaleante e recheado de dúvidas — o rodízio implementado no time titular sempre foi alvo de discussão. A derrota por 5 a 0 para o Independiente del Valle, do Equador, na Libertadores, já havia posto Dome na corda bamba. Porém, pouco depois, o Fla conseguiu engatar uma sequência invicta e aliviar o clima.

Mesmo diante de bons resultados, Domènec nunca chegou a ser unanimidade entre a torcida e até mesmo alguns integrantes da diretoria. Os recentes resultados negativos acabaram se tornando a gota d'água para o fim da relação.

Flamengo