PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Atlético-MG aplica blitz, goleia Flamengo e cola no líder Internacional

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

08/11/2020 20h10

Classificação e Jogos

No duelo entre Atlético-MG e Flamengo, duas equipes postulantes ao título do Campeonato Brasileiro, melhor para o Galo, e de longe. A equipe de Jorge Sampaoli goleou por 4 a 0 na noite de hoje (8), no Mineirão, e está na cola do líder Internacional. Os gols do triunfo foram marcados por Eduardo Sasha, duas vezes, Keno e Zaracho. A equipe da casa conseguiu abrir boa vantagem no placar com apenas sete minutos de jogo, depois de um começo eletrizante. E nunca mais olhou para trás.

Com o resultado, o Atlético-MG chegou a 35 pontos, ficando com um a menos que o Colorado, que mais cedo empatou com o Coritiba — vale lembrar que os mineiros ainda têm uma partida a menos. Já o time da Gávea, permanece com 35 pontos em 20 jogos, agora na terceira colocação, com uma vitória a menos que o adversário de hoje.

Na próxima rodada, o Atlético-MG visita o Corinthians, enquanto o Flamengo recebe o Atlético-GO.

Sampaoli invicto contra o Fla

O técnico Jorge Sampaoli parece ter decifrado o Flamengo. Neste Brasileiro, nos dois confrontos do Atlético-MG com o time de Domènec Torrent, vitória para a equipe mineira. Na primeira rodada, no Maracanã, em partida que marcou a estreia do catalão no Rubro-Negro, triunfo por 1 a 0. Agora, novo resultado positivo.

Fim do jejum

Com a goleada, o Atlético-MG encerrou um jejum de vitórias que já durava quatro partidas — empates com Fluminense e Sport, e derrotas para Bahia e Palmeiras. Além disso, Sasha não balançava a rede há cinco jogos, enquanto Keno não marcava há três.

Savarino importante para o Galo

Savarino se tornou um dos principais nomes da partida. Ele participou ativamente dos lances dos gols de Sasha, Keno e Zaracho. Além disso, foi uma válvula para o time, ponto necessário diante do esquema montado. Melhor em campo.

Everton Ribeiro não esteve em boa noite

O camisa 7 rubro-negro não conseguiu ter uma atuação à altura do que era esperado. Mesmo quando o time teve mais posse de bola, Everton não demonstrou a mesma criatividade de outrora.

Blitz do Atlético-MG

O jogo começou com o Flamengo tentando atrapalhar a saída de bola do Atlético-MG e ter uma presença maior no campo de ataque. Porém, logo aos três minutos, em um avanço do Galo, Savarino recebeu na direita, cruzou, e Sasha desvia, mandando a bola para a rede.

A equipe rubro-negra ainda se recuperava do gol tomado quando viu a equipe mandante ampliar. Apesar quatro minutos depois da abertura do placar, Keno recebeu, dominou e bateu no canto esquerdo de Hugo, sem chance de defesa.

Ganhou campo, mas sem efetividade

Após os gols, o Flamengo conseguiu ganhar campo, ter mais posse de bola e construir tramas no setor ofensivo, mas, ainda assim, sem muita criatividade e efetividade. O Atlético-MG, por sua vez, mantinha a proposta de uma boa marcação para sair em velocidade.

Jogo fica mais agitado

Aos poucos, o Flamengo passou a levar mais perigo e chegou perto de balançar a rede. Primeiramente, Everson fez defesa em finalização do Arão, após cobrança de escanteio ensaiada. Logo depois, Natan cabeceou e a bola passou perto da trave direito do goleiro do Galo.


A resposta do time da casa veio com Savarino, que conseguiu avançar em velocidade, driblar Thiago Maia e ter chance de finalização, mas tentou novo drible e o volante rubro-negro conseguiu roubar.

No travessão!

Por pouco que, logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Flamengo não diminuiu a vantagem do Atlético-MG. Depois de cruzamento, Pedro cabeceou e Everson espalmou. No rebote, com o goleiro caído, Bruno Henrique finalizou e carimbou o travessão.

Fla tenta e Galo marca

A equipe rubro-negra mostrava ter voltado melhor do intervalo e se mostrava mais presente na área adversária. Porém, quem balançou a rede foram os mineiros. Arana fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Sasha apareceu no meio da defesa e, de peixinho, fez o terceiro.

Everson salva

O Flamengo quase chegou ao gol com Pedro, que aproveitou cruzamento da direita e, de cabeça, mandou no canto esquerdo de Everson. O goleiro, porém, conseguiu fazer uma defesa.

Gabigol volta

Xodó da torcida, o atacante Gabigol voltou a atuar depois de pouco mais de um mês. O camisa 9 se recuperava de um entorse no tornozelo direito, lesão que aconteceu no duelo com o Independiente del Valle, pela Libertadores, no Maracanã. Ele entrou na vaga de Pedro, aos 32 minutos do segundo tempo.

Entrou e gol

Zaracho precisou de um minuto em campo para balançar a rede. O meia entrou na vaga de Guga ao 35 minutos e logo depois fez o quarto do Galo, após bom passe de Savarino.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 4 X 0 FLAMENGO


Data e horário: 8/11/2020 (domingo), às 18h15 (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)
VAR: José Claudio Rocha Filho (SP)
Cartões amarelos: Allan, Franco, Guilherme Arana, Júnior Alonso, Marrony, Borrero (ATL); Thiago Maia, Everton Ribeiro, Isla (FLA)
Cartão vermelho: não houve
Gols: Eduardo Sasha, do Atlético-MG, aos 3 minutos do primeiro tempo; Keno, aos 7 minutos do primeiro tempo; Sasha, do Atlético-MG, aos 13 minutos do segundo tempo, Zaracho, do Atlético-MG, aos 36 minutos do segundo tempo

Atlético-MG: Everson, Guga (Zaracho), Réver (Gabriel), Igor Rabello, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Borrero), Franco e Savarino; Keno (Marrony) e Eduardo Sasha (Bueno). Técnico: Jorge Sampaoli

Flamengo: Hugo, Isla, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luis (Renê); Thiago Maia (Michael), Arão e Gerson; Everton Ribeiro (Lincoln), Bruno Henrique e Pedro (Gabriel). Técnico: Domènec Torrent