PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians ainda não tomou gol desde a volta do futebol: veja comparação

Cassio, durante a partida entre Corinthians e Palmeiras - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Cassio, durante a partida entre Corinthians e Palmeiras Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/08/2020 04h00

O Corinthians chegou à final do Campeonato Paulista após arrancada surpreendente na retomada do futebol. Foram quatro vitórias em quatro jogos que levaram a equipe à decisão estadual pelo quarto ano seguido.

Não há dúvidas de que o Corinthians mudou, e pra melhor. E o sucesso pode ser visto nos números.

Desde a volta do futebol, o time comandado por Tiago Nunes não sabe o que é levar gol. Nos quatro jogos — contra Palmeiras, Oeste, Red Bull Bragantino e Mirassol —, o Alvinegro terminou com a defesa intacta.

O retrospecto recente contrasta com o que vinha sendo apresentado antes da paralisação. Em 18 jogos na temporada, a equipe havia sofrido 15 gols (média de 0,83 por jogo) — dez deles, no Paulistão. Nas partidas que antecederam a pausa, uma sequência de cinco compromissos sem vitória, a média era de exatamente um gol sofrido por jogo.

Agora, com a defesa em alta, o Corinthians não só voltou a vencer como também mantém vivo o sonho de conquistar o inédito tetracampeonato estadual em sua história.

"Eu disse inúmeras vezes que uma equipe se constrói com o tempo, com repetição, muitos jogos, enfrentando diferentes contextos competitivos. As coisas foram se encaixando após a parada, conseguimos organizar muitas coisas com os atletas, tivemos a competências dos jogadores colocarem em prática o que a gente vinha planejando, casado com os resultados e atuações consistentes", avaliou o técnico Tiago Nunes após a vitória contra o Mirassol.

Para consolidar a volta por cima, o Corinthians terá pela frente o clássico contra o Palmeiras na decisão do Campeonato Paulista. Curiosamente, foi justamente diante do rival que a equipe do Parque São Jorge deu início à retomada na competição.

O primeiro jogo da final será disputado na próxima quarta-feira (5), em Itaquera. A partida de volta está programada para sábado (8), no Allianz Parque.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que informado anteriormente, o segundo jogo da final do Paulistão entre Palmeiras e Corinthians será no sábado, dia 8 de agosto, e não domingo. O erro foi corrigido.

Corinthians