PUBLICIDADE
Topo

Como ex-auxiliar de Guardiola virou escolhido do Flamengo em giro na Europa

Domènec Torrent durante passagem pelo New York City FC na MLS - Ira L. Black - Corbis/Corbis via Getty Images
Domènec Torrent durante passagem pelo New York City FC na MLS Imagem: Ira L. Black - Corbis/Corbis via Getty Images

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

29/07/2020 04h00

O "mochilão" rubro-negro na Europa vai chegando ao fim após muitos almoços, jantares e conversas com candidatos a substitutos de Jorge Jesus no Flamengo. Nome que não constava inicialmente na cabeça dos dirigentes, Domènec Torrent passou de azarão a favorito e está próximo do acerto.

O interesse no ex-auxiliar de Pep Guardiola foi revelado no blog do jornalista Mauro Cezar Pereira, do UOL Esporte, e ganhou corpo após as chegadas dos diretores Bruno Spindel e Marcos Braz na Europa. Um dos primeiros sabatinados, o catalão deixou boa impressão, o que aumentou à medida que outros postulantes saíram da corrida.

Um dos mais cotados para o cargo, Leonardo Jardim logo sinalizou que pretendia seguir seu trabalho na Europa. O mesmo ocorreu com Carlos Carvalhal, que agradeceu a lembrança e informou que não estava em seus planos sair do Velho Continente.

A dupla rubro-negra ainda manteve reuniões com José Peseiro e Fernando Hierro. Além de ouvir diferentes visões de futebol, a ideia também era estreitar laços com empresários e nomes importantes do mundo da bola na Europa.

Pesou a favor de Torrent o "selo de qualidade" Guardiola, mas a inexperiência foi um ponto debatido. Ao passo que ele auxiliou o treinador em campanhas vitoriosas no Barcelona, no Bayern de Munique e no Manchester City, sua principal passagem como treinador foi no New York City. As referências, no entanto, foram determinantes.

Torrent foi auxiliar de Pep Guardiola - Laurens Lindhout/Soccrates/Getty Images - Laurens Lindhout/Soccrates/Getty Images
Torrent foi auxiliar de Pep Guardiola
Imagem: Laurens Lindhout/Soccrates/Getty Images

Em entrevista à ESPN, o lateral direito Rafinha fez muitos elogios ao profissional. Um dos jogadores com mais ascendência no Fla, o camisa 13 deu seu carimbo para a possível negociação.

"É aquela história, ele é da escola do Cruyff, né? É um cara que sabe tudo e mais um pouco de bola. No Bayern, os treinamentos eram com ele, o Guardiola ficava só corrigindo. É um cara que dispensa comentários, eu conheço bem e posso falar com propriedade porque é um cara com quem eu trabalhei. Ele fez muita gente no Bayern crescer muito. O tempo que trabalhamos juntos dispensa comentários", disse Rafinha.

Conforme destacado pelo lateral, a tal escola implantada pelo holandês Johan Cruyff que fez história no Barcelona prima pela posse de bola, velocidade e o chamado jogo bonito. Assim como Cruyff e Pep, Torrent é um entusiasta do futebol brasileiro e está disposto a encarar o desafio, ainda que o coronavírus, um dos grande inimigos rubro-negros durante todas estas conversas, preocupe. As partes discutem os detalhes finais e a tendência é que o casamento saia do papel em até dois dias.

"Estamos redigindo os contratos do treinador e do estafe, que serão de um ano e meio. Creio em um desfecho em até dois dias", disse Josep Maria Orobitg, agente do treinador.

Após pouco mais de um ano do trabalho vitorioso com o Mister, o Flamengo está prestes a trocar o sotaque lusitano pelo espanhol. A busca por um substituto europeu funcionou e o clube só espera que a rotina de títulos não mude.

Flamengo