PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

Sem pressa, Flamengo poderá conversar até com Guardiola sobre novo técnico

Domènec Torrent trabalhou com Guardiola - Divulgação/NY City FC
Domènec Torrent trabalhou com Guardiola Imagem: Divulgação/NY City FC
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

19/07/2020 17h04

O Flamengo não tem pressa para contratar um novo técnico. O departamento de futebol entende que os cerca de 20 dias até o início do Campeonato Brasileiro são suficientes para estudar o mercado, as opções, fazer os contatos, viajar à Europa e se reunir com profissionais possíveis para a fazer a substituição de Jorge Jesus, que se demitiu na sexta-feira para retornar ao Benfica. E nesses diálogos com diversas pessoas sobre a melhor opção, poderá acontecer até uma conversa com Pep Guardiola.

O blog apurou junto a pessoas próximas à equipe de trabalho do catalão que já foi feito um contato para que o vice-presidente de futebol do clube carioca, Marcos Braz, fale com o comandante do Manchester City sobre Domènec Torrent. Ele foi seu auxiliar no Barcelona, Bayern Munique e também no atual vice-campeão da Inglaterra. A informação foi confirmada por fontes rubro-negras. O papo com Pep depende justamente do amadurecimento do nome desse espanhol de 57 anos para o cargo deixado pelo português.

Domènec Torrent chegou a negociar com o Athletico no início de 2020. Ele teve sua experiência como treinador no New York FC ao deixar a equipe de Guardiola, e já demonstrou animação ao responder sobre a possibilidade de trabalhar no futebol brasileiro. "Falar do Brasil é falar de futebol(...), vi que um estrangeiro ganhou o campeonato, isso dá mais possibilidades para que os técnicos como nós tenham a intenção de estar em grandes ligas, e o Brasil é uma", disse o ex-auxiliar em entrevista, há dois meses, ao site Globo Esporte, que há alguns dias chegou a registrar a lembrança de seu nome pelo Centro de Inteligência do Flamengo ante a saída iminente de Jesus.

Os dirigentes rubro-negros ainda não formalizaram qualquer proposta a treinadores. A viagem do vice de futebol, provavelmente na companhia do diretor-executivo Bruno Spindel, deverá acontecer na quinta-feira, mas a confirmação do embarque ainda depende de agendas e logística. A intenção do clube é tornar a ida de seus emissários à Europa o mais produtiva possível, evitando que, com poucos contatos, não obtenham êxito e voltem para o Rio de Janeiro sem uma solução ou não conseguindo sequer progressos.

follow us on Twitter follow me on youtube follow me on facebook follow us on instagram follow me on google plus

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Mauro Cezar Pereira