PUBLICIDADE
Topo

Arnaldo: "Impossível colocar no mesmo time hoje Ganso, Fred, Nenê e Egídio"

Do UOL, em São Paulo

01/07/2020 04h00

O Fluminense foi o único dos clubes grandes do Rio de Janeiro a não vencer na volta do Campeonato Carioca, sendo derrotado por 3 a 0 pelo Volta Redonda no Engenhão, em jogo que marcou a reestreia do centroavante Fred com a camisa do clube das Laranjeiras.

No podcast Posse de Bola #39, o jornalista Arnaldo Ribeiro afirma que será difícil para o técnico Odair Hellmann conseguir fazer o time evoluir contando com o recém-chegado Fred, além de Egídio, expulso ainda no primeiro tempo contra o Volta Redonda, no mesmo time que Ganso e Nenê, que desfalcou o time após ser diagnosticado com Covid-19.

"Para o Fred jogar no Fluminense não vai ser fácil. O Fluminense fez uma festa incrível para a contratação do Fred, mas a gente falava aqui, se o Fred tiver que jogar todas as partidas, o Odair vai ter um problema, e o primeiro jogo o Odair não quis, digamos, comprar brigas com suas estrelas, e colocou o Ganso e o Fred juntos", afirma Arnaldo (disponível no vídeo acima a partir de 21:33).

"Colocou o Egídio, e aí como é que foi o cenário? Egídio, que fez com o Fred uma dupla mais de rede social do que de futebol no Cruzeiro. Os dois foram mais, são os dois caras mais efetivos do Instagram de todos os tempos em Belo Horizonte, Egídio e Fred. No campo, fizeram porcaria nenhuma pelo Cruzeiro no ano passado. E estão juntos de novo. O que aconteceu no jogo? O Egídio foi expulso com 15 minutos, o Fred saiu no intervalo e o Ganso saiu com 15 do segundo tempo", completa o jornalista.

Arnaldo afirma ainda que só notou melhora no time do Fluminense em campo depois que deixou de contar com Fred, Ganso e Egídio, e que será difícil o clube conseguir evitar a perda antecipada do Campeonato Carioca para o Flamengo na situação atual.

"O Fluminense só foi fazer alguma coisa quando estava rejuvenescido em campo. Não dá para fazer time com figurão, só com figurão, só com nome. Você pode conseguir sócio-torcedor, agora, é fogo, porque o Fluminense na volta precoce expôs a realidade do campo que não é só a maquiagem da falta de preparação. É uma coisa muito complexa você colocar no mesmo time, é impossível você colocar no mesmo time hoje Ganso, Fred, Nenê, Egídio e etc, como o Cruzeiro mostrou com boa parte dessa galera que não dá para fazer um time assim hoje em dia", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol