PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


Posse de Bola #39: Abel x Bap, Dudu, Dani Alves... alguém para o Flamengo?

Mais Posse de Bola
1 | 25
Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo

29/06/2020 11h36

Rivais do Flamengo no futebol carioca, Botafogo, Fluminense e Vasco voltaram a campo no fim de semana, mas o clube rubro-negro se aproximou do título estadual, enquanto as declarações de Luiz Eduardo Baptista, o Bap, vice de relações externas, a respeito do técnico Abel Braga repercutiram entre os torcedores. Fora do Rio, a possibilidade de saída de Dudu do Palmeiras em meio a uma polêmica pessoal também pode enfraquecer um dos clubes que poderia fazer frente ao atual campeão brasileiro.

No podcast Posse de Bola #39, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira falam sobre o que foi o retorno do futebol no Rio de Janeiro, de Dudu, a dívida do São Paulo com Daniel Alves, e se alguém pode se colocar em condição de igualdade com o Flamengo ou o clube ser atrapalhado dentro de campo devido a declarações e atitudes de seus dirigentes.

Para Arnaldo Ribeiro, a distância entre o Flamengo e seus adversários aumentou durante a pandemia e não há relação de atitudes dos dirigentes com o que o time comandado por Jorge Jesus consegue fazer dentro de campo.

"Isso era o cenário antes da pandemia e agora depois da pandemia é pior, as diferenças aumentaram. A questão, digamos, a arrogância, se a gente pode definir assim, do Marcos Braz, do Jorge Jesus, do Gabigol, dos caras do futebol do Flamengo, desde o cartola do futebol, do técnico, do jogador, ela é uma arrogância de vencedor, de superior no campo", afirma Arnaldo.

"A arrogância do Landim, do Bap e tal, é outra coisa, é outro tipo de arrogância, é outro tipo e esses caras que apareceram durante a pandemia, eles têm pouca ligação com o que acontece no campo, pouquíssima, e querem surfar a onda do Flamengo", completa o jornalista.

Sobre o caso de Dudu, que é acusado pela ex-mulher de agressão, situação que está sob investigação, Mauro Cezar Pereira afirma que não se deve tratar apenas com interesse clubístico e fazer um julgamento precoce enquanto o caso está sendo apurado pela polícia.

"Existem muitos torcedores de outros times que não o Palmeiras em rede social que estão questionando e cobrando de jornalistas que sejam irresponsáveis, é isso, que seria você fazer o julgamento do jogador antes que a justiça o faça. Uma coisa são vídeos, evidências, isso é uma coisa muito séria e nenhum jornalista minimamente responsável pode sair por aí acusando, seja o Dudu ou qualquer outro. Não se faz um julgamento precoce", diz o jornalista.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.