PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Conmebol suspende quatro envolvidos em briga no Gre-Nal e multa clubes

Jeferson Guareze/AGIF
Imagem: Jeferson Guareze/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

22/05/2020 20h23Atualizada em 22/05/2020 20h38

Classificação e Jogos

O Tribunal Disciplinar da Conmebol, enfim, decidiu as punições pela briga no Gre-Nal da fase de grupos da Copa Libertadores. Segundo apurou o UOL Esporte, quatro dos oito jogadores expulsos levaram punição maior que a automática. Grêmio e Internacional deverão pagar nove mil dólares (R$ 50 mil na cotação atual), cada um, como soma das multas das expulsões.

A decisão ainda será publicada no site oficial da Conmebol.

O Gre-Nal válido pela segunda rodada do grupo E da Libertadores, disputado em 12 de março na Arena do Grêmio, terminou sem gols. O clássico teve briga no final do segundo tempo.

No Grêmio, Caio Henrique e Pepê levaram punição de um jogo e multa de mil e quinhentos dólares (R$ 8,3 mil), Luciano recebeu três partidas de gancho e multa de três mil dólares (R$ 16,7 mil) e Paulo Miranda foi punido com quatro partidas de suspensão e multa de três mil dólares (R$ 16,7 mil).

No Inter, Victor Cuesta e Praxedes receberam um jogo de suspensão e multa de mil e quinhentos dólares (R$ 8,3 mil), cada um. Edenilson levou três jogos de gancho e multa de três mil dólares (R$ 16,7 mil) e Moisés foi punido com quatro partidas de suspensão e multa de três mil dólares (R$ 16,7 mil).

Futebol