PUBLICIDADE
Topo

Inter expulsa ex-presidente Vitorio Piffero do quadro social do clube

Jeremias Wernek/UOL
Imagem: Jeremias Wernek/UOL

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

22/05/2020 17h30

Vitorio Piffero, ex-presidente do Internacional, foi excluído do quadro social do clube. A decisão foi tomada, por maioria de votos, em votação no Conselho Deliberativo hoje. Além de Piffero, Pedro Affatato, ex-vice de finanças, também sai da lista de associados.

Piffero e Affatato estavam à frente do Inter em 2016, quando o clube foi rebaixado pela primeira vez à segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Os dirigentes são alvo de investigação do Ministério Público do Rio Grande do Sul após denúncias de irregularidades na gestão iniciada em janeiro de 2015 e que se estendeu até o final do ano seguinte.

Vitorio Piffero foi vice-presidente do Internacional, e homem forte do futebol do clube, entre 2003 e 2006. A partir de 2007, assumiu como presidente do clube e ficou no cargo até dezembro de 2010 — quando foi sucedido por Giovanni Luigi.

Confira nota oficial do Conselho Deliberativo do Inter

Os ex-dirigentes Vitório Piffero e Pedro Affatato serão expulsos do quadro social do Clube. Os Conselheiros, em sessão virtual ontem à noite, e com votação pelo site do Clube até as 17 horas desta sexta-feira, não acataram os recursos da defesa em relação a decisão da Comissão de Ética que determinou a expulsão de ambos do quadro social. O resultado final e oficial, em anexo.

Cabe ressaltar ainda que 2529 sócios do Internacional acessaram e acompanharam a reunião virtual de ontem do Conselho Deliberativo do Clube.

Futebol