PUBLICIDADE
Topo

Flu repete erros no ataque, mas é cirúrgico para findar tabu contra o Vasco

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

16/03/2020 04h00

Classificação e Jogos

Em clássico disputado na tarde de ontem (15), o Fluminense venceu o Vasco e superou uma sequência de dez jogos sem conseguir vencer o time cruzmaltino. O Tricolor apresentou erros durante o jogo, mas o resultado foi importante para o time ganhar confiança e assumir a liderança geral da Taça Rio.

Com isso, dá até para imaginar que tudo está tranquilo para o time de Odair Hellmann, mas não. O time repetiu os erros da derrota para o Figueirense, no meio da semana passada, pela Copa do Brasil, com a diferença de que soube se aproveitar da fragilidade do rival, que entrou em campo com um time quase reserva.

Nenê continuou com a titularidade pelo meio, e Odair novamente demorou para colocar Ganso em campo. Desta vez, sem a cobrança da torcida por conta da exigência dos portões fechados. Mas o camisa 10 entrou no lugar de Evanilson, que vinha fazendo boa parceria com Nenê, inclusive no lance que resultou no primeiro gol do jogo.

As outras duas substituições de Odair também foram no setor ofensivo, evidenciando a dificuldade que o Fluminense tinha para conseguir ampliar a vantagem. Wellington Silva saiu para a entrada de Caio Paulista, e Marcos Paulo deu lugar a Fernando Pacheco. Este último foi responsável pelo segundo gol no clássico.

O próprio Odair disse que o resultado foi satisfatório, mas reconheceu que ainda precisa de alguns ajustes no time para a sequência na temporada. "Tivemos derrotas difíceis, mas está se criando uma identidade importante de busca por fazer gols. São situações importantes, mas sempre temos algo a corrigir. Estamos atentos a isso", afirmou o treinador.

Com a paralisação da Copa do Brasil e a possibilidade de o Campeonato Carioca também ser interrompido, o Fluminense precisará se ajustar. Porém, sem tanta pressão na tabela.

A vitória de ontem (15), manteve o Fluminense com "dupla chance" de chegar à decisão do Campeonato Carioca. Como lidera seu grupo na Taça Rio e também a tabela geral de classificação do Estadual, o Tricolor pode jogar a final contra o Flamengo desde que vença o returno ou veja o Rubro-Negro ser campeão.

O Fla venceu a Taça Guanabara e é o favorito ao título do segundo turno. O regulamento prevê que um time que vencer os dois turnos enfrenta na final do estadual a equipe de melhor campanha na tabela por pontos corridos. Hoje, essa equipe seria o Fluminense, que tem dois pontos a mais que o Rubro-Negro.

Fluminense