PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco antecipa premiação da Copa do Brasil e paga parte dos atrasados

Presidente do Vasco, Alexandre Campello fez acordo com a CBF e pagou o mês de dezembro aos jogadores - Rafael Ribeiro / Vasco
Presidente do Vasco, Alexandre Campello fez acordo com a CBF e pagou o mês de dezembro aos jogadores Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

11/03/2020 15h18

O Vasco chegou a um acordo com a CBF e conseguiu antecipar a premiação de R$ 2,8 milhões pelos avanços de fases na Copa do Brasil. Com isto, o clube quitou o mês de dezembro de 2019 com os jogadores e amenizou parte da crise financeira com o elenco. Agora, o Cruzmaltino deve aos atletas janeiro, férias e a segunda parcela do 13º.

Fevereiro, em acordo interno, tem a data limite até o dia 20, porém é algo que a Justiça do Trabalho não considera.

Para os funcionários o Vasco deve dezembro (para quem recebe acima de R$ 1,8 mil), janeiro, fevereiro, férias e 13º.

Ontem (10) em reunião no CT do Almirante, o presidente do clube, Alexandre Campello, deu um panorama às principais lideranças do grupo de como a diretoria tem trabalhado e planejado para reduzir as dívidas com a equipe.

Há três semanas os jogadores, em protesto contra a situação, não têm dado entrevistas. A tendência é a de que mantenham a postura mesmo após o pagamento de dezembro.

O Vasco enfrenta amanhã (12), às 21h30, em São Januário, o Goiás pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Vasco