PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Flamengo aponta para 2020 com Jesus e Gabigol na "defesa de cinturões"

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/12/2019 04h00

Fim de papo para a temporada de 2019, uma das mais vitoriosas dos 124 anos de história do Flamengo. O sonhado Mundial de Clubes não veio, mas o clube festejou três títulos e a promessa de um 2020 de mais conquistas. E, para defender esses cinturões, a permanência de Gabigol e de Jorge Jesus são trunfos que o Rubro-Negro espera confirmar em breve no Mercado da Bola.

O artilheiro e o Fla negociam valores, já que a Inter de Milão sinalizou positivamente para a oferta de cerca de 16 milhões de euros (R$ 72 milhões). Há otimismo na Gávea para que a novela seja finalizada antes do fim do contrato do camisa 9 (31 de dezembro). A sensação é que a questão caminha para a prorrogação do casamento entre as partes.

Otimismo também marca o papo da cúpula de futebol com o técnico Jorge Jesus. O Mister aguardou ofertas dos times top do futebol europeu, mas elas não chegaram. Já em Doha, o português sinalizou que só trocaria o Flamengo por "quatro ou cinco" clubes do Velho Continente, realidade que parece bastante distante no momento.

O vínculo com o clube vai até maio do ano que vem, mas a ideia do Rubro-Negro é garantir o fico pelo menos até o final de 2020, o que daria fôlego para o clube se planejar pelos próximos 12 meses. O primeiro reforço que deve ser anunciado é o atacante Pedro Rocha, ex-Cruzeiro. Resta a assinatura do contato, o que deverá ocorrer no retorno dos dirigentes ao Rio de Janeiro. O Fla entra de férias e volta neste domingo (22) para o Rio de Janeiro. O retorno para a pré-temporada está previsto para o dia 23 de janeiro.

Flamengo