PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Fla e Gabigol terão papo em Doha e Braz vê nova atmosfera: "muita chance"

Leo Burlá

Do UOL, em Doha (Qatar)

19/12/2019 16h07

O Flamengo já variou entre o pessimismo, a resignação e a esperança ao longo das conversas no mercado da bola para a compra de 80% dos direitos econômicos de Gabigol. Após essas idas e vindas, a "atmosfera melhorou muito", segundo palavras de Marcos Braz, vice de futebol rubro-negro.

Em entrevista ao UOL Esporte, ele disse que há um encontro marcado entre as partes e que a conversa será em Doha, Qatar, sede do Mundial de Clubes. Braz não conseguiu garantir se o martelo será batido ainda nesta reunião, mas adotou um tom de extremo otimismo quanto a um final feliz.

"Gabriel foi um projeto que deu certo. Tanto deu que estamos tentando comprar para que ele fique mais tempo com a gente, uns quatro ou cinco anos. O contrato acaba dia 31 de dezembro e a gente espera até lá ter tudo resolvido. Tem muita chance disso. Vamos ter uma reunião aqui em Doha. Podemos tomar um café da manhã depois da final. Há a possibilidade efetiva do desfecho aqui, mas podemos voltar e acertar no Rio também", disse ele.

O dirigente disse que o "fico" é uma questão de ajuste financeiro entre os lados, visto que a parte que envolve a Inter de Milão, dona dos direitos, já está superada.

"Briguei muito para o Gabriel estar aqui, vou continuar brigando. Falta ajuste financeiro, faltam números. Na hora que chegar o bom entendimento entre Flamengo e atleta, as coisas são ser definidas. Ele e os empresários têm o direito de colocar na mesa algumas situações. A gente pondera aqui, corta ali, ajusta aqui. Negociação com craque é assim mesmo. Os limites com o Gabriel serão os maiores possíveis. Craque é mais complexo, tem que ter mais paciência", completou.

O rubro-negro afirmou não estar trabalhando em uma outra alternativa caso a negociação fracasse. Agora, de acordo com Braz, o limite está sendo estipulado pelo fim do contrato atual, que vai até o próximo dia 31:

"A gente tem um limite que não é nosso ou dele, é o contratual. A gente sabe que tem de tentar equacionar isso até aí. Seria o plausível. Mas se não resolver, não quer dizer que não resolve no dia 2, 3 ou 4.

Com Gabigol e todos os demais jogadores do elenco, o Fla faz amanhã (20) seu último treino antes de encarar no sábado (21) o Liverpool, às 14h30 (de Brasília), no Estádio Khalifa, em jogo válido pela finalíssima do torneio intercontinental.

Flamengo