Topo

Futebol


Na contramão do time, atacantes do Cruzeiro vivem jejum com a bola rolando

Nas últimas três vezes que marcou, Fred só foi às redes pelas cobranças de pênalti - Fernando Moreno/AGIF
Nas últimas três vezes que marcou, Fred só foi às redes pelas cobranças de pênalti Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

03/11/2019 04h00

O Cruzeiro está em ascensão no Campeonato Brasileiro. Mas nem tudo está tão leve na Toca da Raposa. Por mais que as vitórias estejam aparecendo, o setor ofensivo de Abel Braga ainda não desencantou. Nos últimos dois meses, o ataque passou em branco com a bola rolando e só marcou gols de pênalti. Fred e David terão hoje (3) uma nova oportunidade para acabar com o jejum diante do Bahia, no Mineirão.

No atual esquema de Abel, os dois são os principais homens de frente do Cruzeiro. Artilheiro do time na temporada, com 21 gols até aqui, o centroavante fez três gols recentemente, mas todos de pênalti. Seu último tento com a bola rolando aconteceu no final de agosto, em partida contra o CSA. A situação de David é um pouco mais complicada, e o atacante só tem três gols no ano, sendo o último ainda no mês de março, pelo Campeonato Mineiro.

David virou um dos recentes alvos da torcida justamente por perder grandes oportunidades em campo. Por outro lado, o velocista já deixou companheiros em ótimas condições, mas que também não aproveitaram a chance. Não à toa, o Cruzeiro é hoje o time com o quarto pior ataque na tabela.

Desde aquele gol de Fred em Alagoas, o Cruzeiro jogou mais 14 vezes e balançou as redes em onze ocasiões. Com exceção dos três gols de Fred (de pênalti), todos os outros foram marcados por jogadores da defesa ou meio de campo: Dedé, Cacá, Orejuela e Maurício marcaram uma vez, enquanto Éderson e Thiago Neves comemoram duas.

Parte desse desempenho ruim dos atacantes do Cruzeiro pode ser explicado pela dificuldade do time em criar as jogadas. Apesar do atual momento de evolução, o time celeste anda tendo dificuldades para organizar suas jogadas e acertar passes e cruzamentos. Os erros nesses quesitos, inclusive, contribuíram para que Robinho perdesse a vaga no time para Marquinhos Gabriel, além de já ter despertado a ira da torcida com as atuações do lateral Egídio.

Para o jogo de logo mais, Fred e David deverão ser titulares mais uma vez e ganharão uma nova chance de desencantar com a camisa celeste. Em relação ao último jogo, a única novidade no time mineiro será o retorno de Léo, que está recuperado de uma lesão na clavícula e fará sua estreia com o técnico Abel Braga.

CRUZEIRO x BAHIA

Motivo: 30ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 03/11/2019, às 19h (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Wagner Reway (PB)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (GO) e Oberto da Silva Santos (PB)
VAR: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Léo, Cacá e Egídio; Henrique, Éderson; Thiago Neves, Marquinhos Gabriel (Robinho), David; Fred. Técnico: Abel Braga.

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Flávio; Arthur, João Pedro, Marco Antônio e Élber; Gilberto. Técnico: Roger Machado.

Futebol