Topo

UOL Esporte vê TV


Denílson aconselha Arrascaeta a não antecipar retorno: "Respeita o tempo"

Arrascaeta, jogador do Flamengo, durante partida contra o Cruzeiro - Fernando Moreno/AGIF
Arrascaeta, jogador do Flamengo, durante partida contra o Cruzeiro Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/10/2019 13h01

Após ser submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo, Arrascaeta, jogador do Flamengo, recebeu um conselho de Denílson. Presente no Jogo Aberto desta sexta, o comentarista recordou sua primeira atroscopia e pediu para o rubro-negro respeitar o tempo de recuperação estabelecido, mesmo que o tire do segundo jogo da semifinal da Libertadores, contra o Grêmio, no dia 23.

"Uma pena que o Arrascaeta sinta essa lesão e passe por cirurgia no melhor momento dele no Flamengo. (...) Minha primeira cirurgia de joelho foi de menisco, artroscopia, e eu quis voltar antes, por uma pressão do clube. Eu jogava no Bétis (ESP) na época, tive essa pressão para voltar antes e, seis meses depois, eu comecei a sentir um problema de cartilagem. Aí virou uma bola de neve", recordou o ex-jogador.

"Se serve como conselho, se o médico falar um mês, respeita o tempo. Respeita o tempo que médico falar. Não vai na empolgação de querer voltar porque é uma semi de Libertadores. Tudo bem que é muito importante e tem um peso para o jogador, mas, vida longa, né?", completou Denílson.

Na sequência, questionado sobre o substituto do uruguaio, o comentarista defendeu que Piris da Motta é a melhor opção do português Jorge Jesus.

"Colocaria o Piris da Motta no meio de campo e adiantaria o Gerson", opinou.

Além de Arrascaeta, Filipe Luis também lesionou o joelho na partida contra o Grêmio, no meio de semana. O tratamento da lesão do lateral-esquerdo, no entanto, será conservador, com fisioterapia.

Desfalcado, o líder do Campeonato Brasileiro, com 49 pontos, encara a Chapecoense, lanterna da competição, neste domingo (6), às 11h.